Após grave lesão, organização de Wimbledon rebate críticas sobre grama e atendimento

Após as críticas feitas pela tenista francesa Kristina Mladenovic, de que a grama de Wimbledon não está em condições ideais, a organização do Grand Slam rebateu as acusações. Na última quinta-feira (6), a tenista norte-americana Bethanie Mattek-Sands sofreu uma grave lesão no joelho e a falha do piso é apontada como o principal fator. "Me sinto abençoada por não ter me lesionado hoje. A linha de base onde estamos correndo está muito escorregadia. Não há grama ali, está muito perigosa. Seria bastante plausível se você e o seu adversário pedissem ao árbitro o adiamento de uma partida por falta de condições. Só que ele vai dizer que não pode fazer nada e que tem que seguir o torneio", declarou a francesa. A lesão de Bethanie aconteceu durante o duelo contra a romena Sorana Cirstea. A tenista torceu o joelho e caiu no chão. Ela começou a gritar de dor e pedir ajuda. Após receber os primeiros socorros ainda dentro de quadra, ela foi levada de ambulância para o hospital. Além da qualidade do piso, a organização também rebateu as críticas sobre a demora do atendimento. "A jogadora foi mantida em quadra para que a sua dor fosse aliviada num primeiro instante. Feito o atendimento, a atleta foi levada imediatamente a um hospital para um atendimento de emergência", informou. A cena da contusão de Bethanie deixou os torcedores perplexos, inclusive a rival Cirstea. A romena fez um relato do acidente.
Asssista abaixo:
"Foi doloroso vê-la desse jeito. Rebati a bola na direção dela, quando a vi caindo no chão e gritando. Quando cheguei perto vi que o seu joelho estava para fora. O campo está bastante seco e tive duas bolas onde quase caí", contou. "Eu saltei a rede, e aí vi o joelho. Eu nunca vi nada como isso na minha vida, uma lesão assim. Então também fiquei um pouco chocada. Aí, eu não sei, gritei algo para alguém trazer ajuda porque era sério. Eu ainda lembro o choque que senti quando vi o joelho. Ela estava em choque. Ela ficava dizendo "Sorana, me ajude, Sorana, me ajude, Sorana, me ajude. Eu dizia "Eu estou aqui, estou aqui, estou aqui". Acho que foi duro porque ela ficou presa a isso: "Sorana, me ajude, Sorana, me ajude". Eu disse: "Estou aqui, você é forte, você consegue", lembrou. Bethanie Mattek-Sands é a número 103 do ranking mundial de simples da WTA, mas ocupa a liderança no de duplas ao lado da tcheca Lucie Safarova. As duas foram campeões olímpicas nos Jogos da Rio-2016. A norte-americana tem 26 títulos de duplas no total, sendo cinco de Grand Slam.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*