Tudo o que você precisa de saber antes de começar a treinar

Muitas pessoas deixam para o segundo semestre aquela promessa de ano novo de se tornar mais saudável e praticar exercícios físicos regularmente. Para seguir esse plano, é melhor antes tarde do que nunca. Mudar o plano de treino – ou inscrever-se na academia – é uma decisão que pode interferir com a rotina diária, com o humor e com o bem-estar. Contudo, antes de ir correndo para a academia (literalmente ou não), é preciso ter em mente algumas regras para evitar que o novo plano de treinos seja um martírio e apenas mais um motivo para fugir do exercício físico. Segundo o site Conversation, são estes os conselhos importantes para serem levados em conta:

1 – Começar devagar. 
Quando se está algum tempo sem fazer exercícios ou se adquire uma nova rotina de exercícios, começar devagar é o melhor conselho que se pode ter. Além de ajudar a prevenir lesões, seguir o plano de treino pausadamente e sem exageros ajuda a evitar uma condição chamada dor muscular tardia, aquela sensação de tensão e dor que acontece dois dias depois de treinar. O risco de inflamação é ainda menor quando se começa devagar, ou seja, quando se treina apenas duas ou três vezes por semana no primeiro mês do novo plano de treino, sempre respeitando as indicações dadas pelo instrutor.

2 – Não tentar compensar o tempo perdido com treino de estimulação elétrica. 
Embora estes aparelhos possam ser um bom complemento para o treino, nunca devem ser a única forma de exercício, muito menos nas pessoas que começaram a treinar há pouco tempo. Estes aparelhos, diz o site, podem aumentar a probabilidade da pessoa contrair rabdomiólise, uma condição caracterizada pela quebra rápida do músculo esquelético devido a lesões no tecido muscular. Este problema pode ser ainda uma consequência do treino exagerado. Para resultados eficazes, é preciso ter uma mente forte e acreditar que na própria capacidade. 

3 – Não fazer exames antes de começar a treinar. 
Quem parou de treinar por um tempo, não tem que se preocupar com o coração (a não ser que tenha um histórico de complicações), mas as pessoas que começam agora a apostar na atividade física não podem, de forma alguma, ignorar o estado deste órgão vital. Fazer alguns exames de rotina antes de iniciar o plano de treinos é uma forma de prevenir males maiores.

4 – Zelar pelo sistema imunológico. 
Enquanto o treino moderado é aliado do sistema imunológico, deixando-o forte e capaz de lutar contra agressões externas, o treino em excesso ou que exija um grande esforço físico pode ter um efeito contrário, reduzindo o número de células brancas, o que deixa o sangue enfraquecido. (Noticias ao Minuto)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*