Tatuador alugou quarto em pensão onde escreveu na testa de adolescente no ABC

O adolescente de 17 anos, que teve a testa tatuada e foi torturado, foi dominado pelos dois agressores na escada de uma pensão na região Central de São Bernardo do Campo, na manhã de sexta-feira (9) (saiba mais, clique aqui). Ele foi obrigado a sentar em uma cadeira de plástico ao lado da porta que dá acesso para a lavanderia do local. O tatuador alugou o quarto da pensão há algumas semanas. Os responsáveis pela tortura são o tatuador Maycon Wesley Carvalho dos Reis, 27 anos, e o vizinho dele, Ronildo Moreira de Araújo, 29 anos. Na tarde deste sábado, a juíza Inês Del Cid, da Vara Criminal de São Bernardo do Campo, decretou a prisão preventiva deles. O dono da pensão disse que o tatuador estava morando por algumas semanas, segundo o dono do local, Antônio Santos Araújo, conhecido como Bahia. "Aqui é todo mundo amigo, nunca aconteceu uma coisa dessa aqui. Foi uma brutalidade." Bahia disse que alguém entrou na pensão durante a madrugada e retirou todos os pertences do tatuador, sem avisá-lo. No cômodo ficaram alguns decalques de tatuagem é uma luva descartável é usada. O adolescente ficou mais de uma semana fora de casa e foi localizado na noite desta sexta-feira (10). "Ele estava transtornado não quer que ninguém veja o rosto dele. Preocupação maior da família é com a recuperação. Hoje ele é tratado pelo Caps (Centros de Atenção Psicossocial), já passou por duas clínicas de recuperação", diz. (Informações: G1 / Por Glauco Araújo)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*