SAÚDE: PERGUNTAS E RESPOSTAS

Por que usar dieta hipossódica no tratamento da Hipertensão Arterial? 
A pressão arterial é a pressão que o sangue exerce na parede das artérias; consequentemente, a Hipertensão Arterial é o aumento da pressão que o sangue faz na parede das artérias para se movimentar. A Hipertensão Arterial é uma doença multifatorial; dentre seus principais fatores de risco está o consumo exagerado de sal. Nesse caso, tratar a hipertensão envolve, especialmente, a mudança do hábito alimentar. A ingestão elevada de sódio, substância presente no sal de cozinha, tem sido correlacionada com o aumento dos níveis da pressão arterial e seu difícil controle. Esse fenômeno é explicado pelo fato de que, quando se ingere uma quantidade excessiva de sal, o organismo retém água, aumentando a quantidade de sangue circulante, o que leva ao aumento do débito cardíaco (que é o volume de sangue bombeado pelo coração em um minuto) e consequente aumento da pressão sanguínea no interior das artérias, resultando na elevação da pressão arterial. 
Portanto, pessoas hipertensas devem utilizar uma dieta hipossódica (pobre em sódio) para manter a pressão arterial em valores normais. A restrição salina promove rápida e importante redução da pressão arterial, além de promover benefícios na diminuição do risco de complicações cardiovasculares e renais. Por isso, a mudança do hábito alimentar é de extrema importância, preconizando-se o consumo máximo de 5 g de sal por dia. 

Alimentos industrializados, como embutidos, conservas, enlatados, defumados, frios, molhos prontos, refrigerantes, devem ser evitados, pois contêm uma grande quantidade de sódio. Também se deve extinguir o hábito de adicionar sal em saladas e outros alimentos temperados à mesa e dar preferência ao uso de alimentos naturais. A dieta hipossódica é recomendada tanto para hipertensos quanto para normotensos, pois esse hábito é muito útil no controle e prevenção da Hipertensão Arterial. Esse tipo de alimentação deve ser ensinado às crianças desde cedo, para que cresçam com uma dieta balanceada e uma vida saudável, pois populações que ingerem pouco teor de sódio praticamente não apresentam casos de hipertensão. Enfim, mudar o hábito alimentar não é fácil, mas deve ser feito continuamente com ações simples, como tirar o saleiro da mesa, preferir temperos e alimentos naturais e, assim, adaptar seu paladar à dieta hipossódica. Dessa forma, ficam protegidos seu coração, cérebro e rins de eventos indesejáveis que a pressão arterial elevada pode ocasionar. Débora Dada Martinéli Graduação em Enfermagem pela Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto.

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*