Gato do Hermitage fará palpites para jogos da Copa das Confederações

Às vésperas do jogo de abertura da Copa das Confederações 2017, na Rússia, os organizadores do torneiro apresentaram no Museu Hermitage, em São Petersburgo, o “animal-vidente” que fará previsão das partidas. A nova função do gato Aquiles – um dos muitos funcionários felinos que protegem as salas de exposições do Hermitage – foi anunciado por Aleksandr Kerzhakov, atacante do Zenit de São Petersburgo, durante uma coletiva de imprensa na quinta-feira (15). Segundo Maria Halttunen, que representa o museu, disse, Aquiles foi escolhido devido a sua “capacidade de selecionar e analisar, bem como o fato de não se distrair facilmente por causa da surdez". O nome do gato se deve à tradição do Hermitage de dar os nomes de pintores famosos e heróis míticos a seus animais funcionários. Aquiles fará o primeiro palpite na manhã deste sábado (17), antes do jogo inaugural do torneio, que será disputado entre as seleções da Rússia e Nova Zelândia na arena do Zenit, na ilha Krestovsky. Com custo estimado em U$ 841 milhões (R$ 2,7 bilhões), esse estádio será o mais caro de todo o Mundial na Rússia. Para o teste, o animal receberá duas tigelas de ração: uma decorada com a bandeira da Rússia, e outra com a da Nova Zelândia, por exemplo. O país da tigela que Aquiles escolher será o suposto vencedor, segundo os organizadores.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*