Defesa de primo de Aécio faz depósito de R$ 1,5 milhão em agência da Caixa

A defesa de Frederico Pacheco de Medeiros, foi a uma agência da Caixa Econômica Federal em Belo Horizonte para fazer um depósito judicial no valor de cerca de R$ 1,5 milhão. Segundo informações do G1, o montante seria parte dos R$ 2 milhões entregues por um diretor da JBS a Pacheco a pedido de Aécio Neves (PSDB-MG), seu primo. O advogado Ricardo Ferreira de Melo foi acompanhado no banco por policiais federais e preferiu não responder às perguntas da imprensa. Pacheco foi preso como parte da Operação Patmos, deflagrada pela Polícia Federal.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*