Bebidas energéticas e esportivas podem danificar os dentes

Bebidas energéticas e esportivas, queridinhas de adolescentes e jovens adultos, podem causar danos irreversíveis aos dentes. Os seus níveis elevados de acidez corroeriam o esmalte. Essa é a conclusão de um estudo publicado na Academia Geral de Odontologista, nos Estados Unidos, e comandado por Poonam Jain, da Universidade do Sul de Iinois. Os dados são do jornal Daily Mail.

Os pesquisadores examinaram os níveis de acidez de 13 bebidas esportivas e de nove energéticas. Constataram que podem variar entre marcas e sabores do mesmo fabricante. Depois, imergiram amostras de esmalte de dente humano em cada líquido durante 15 minutos e, então, em saliva artificial por duas horas. Esse ciclo foi repetido quatro vezes ao dia, durante cinco dias. "Esse tipo de teste simula a mesma exposição a que uma grande proporção de adolescentes e jovens adultos americanos estão submetendo seus dentes quando bebem uma dessas bebidas a cada poucas horas", disse Jain. 

Os danos ao esmalte foram evidentes após apenas cinco dias de exposição. E as bebidas energéticas mostraram causar duas vezes mais problemas que as esportivas.

Sem a proteção do esmalte, os dentes se tornam excessivamente sensíveis e propensos a cáries. A porta-voz da Academia Geral de Odontologista, Jennifer Bone, recomenda minimizar a ingestão dos produtos. Também aconselha a mastigar chiclete sem açúcar ou lavar a boca com água após saboreá-los, táticas que aumentam o fluxo de saliva, o que ajuda a devolver os níveis de acidez normais à boca.

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*