Atividade física por 15 minutos diários ajuda a reduzir risco de morte em 14%

Pode parecer pouco, mas 15 minutos diários de exercícios são capazes de reduzir o risco de morte em 4% e de falecimento por algum tipo de câncer em 1%. O resultado independe da idade, do sexo ou de problemas cardiovasculares, segundo estudo realizado por médicos do Instituto Nacional de Pesquisa da Saúde de Taiwan e da Universidade Nacional do Esporte de Taiwan. Por oito anos, os pesquisadores acompanharam a vida de mais de 400 mil pessoas, para descobrir se praticar exercícios por menos de 150 minutos semanais, recomendados, ainda poderiam trazer benefícios à saúde. A conclusão foi que se os indivíduos sedentários praticassem diariamente um pouco de atividade física seria possível diminuir uma a cada seis mortes. 

Os médicos dividiram os participantes em cinco categorias, de acordo com o nível de exercícios praticados por eles: inativos ou de atividade baixa, média, alta ou muito alta. O resultado foi surpreendente: os pertencentes ao grupo de baixa atividade, que se exercitavam uma média de 92 minutos por semana (15 minutos diários) apresentaram um risco de mortalidade por qualquer causa 14% menor que os inativos, além de risco de mortalidade por câncer 10% menor e uma expectativa de vida de três anos a mais. De acordo com os autores da pesquisa, saber que apenas 15 minutos diários de exercício podem reduzir significativamente o risco de falecimento de um indivíduo pode motivar mais pessoas a praticar uma pequena quantidade de atividade física diária. Além de fazer bem para a saúde, praticar exercícios aumenta a sensação de bem-estar.

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*