Temer decide colocar Torquato no comando do Ministério da Justiça

O presidente Michel Temer comunicou na tarde deste domingo (28) a auxiliares a decisão de deslocar o ministro Torquato Jardim do Ministério da Transparência para o comando do Ministério da Justiça. Torquato deve assumir no lugar do ministro Osmar Serraglio, que está na mira das investigações da Operação Carne Fraca. Temer avisou a esses mesmos auxiliares que não dava mais para manter Serraglio na chefia do Ministério da Justiça. O efeito colateral imediato é que o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) – suplente de Serraglio na Justiça – perderá o mandato parlamentar e deixará de ter foro privilegiado no Supremo Tribunal Federal (STF). Ex-assessor de Temer no Palácio do Planalto, Rocha Loures foi flagrado pela Polícia Federal (PF) carregando uma mala com R$ 500 mil repassada por um executivo do grupo J&F, controlador do frigorífico JBS. Uma eventual delação premiada de Rocha Loures apavora o círculo mais próximo de Michel Temer. Osmar Serraglio estava sendo muito criticado dentro do próprio Planalto por não ter interlocução nos tribunais superiores.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*