Pessoas mais pesadas não morrem mais cedo, diz estudo

As pessoas excesso de peso são as que mais facilmente sofrem doenças relacionadas com o estilo de vida, como a diabetes e a hipertensão. Contudo, isso não implica que vivam menos do que as pessoas com um peso considerado saudável. Esta é a conclusão de um estudo da Universidade de Copenhague, na Dinamarca, que indica que as pessoas com um índice de massa corporal (IMC) de 27 correm um menor risco de morte precoce por qualquer causa. Para o estudo, os investigadores dinamarqueses analisaram o IMC e os dados de mortalidade de 120 mil pessoas entre três períodos diferentes: 1976-1978, 1991-1994 e 2003-2013, segundo informações do jornal americano The New York Times. No primeiro grupo analisado (1976-1978), a mortalidade mais baixa estava associada a um IMC de 23,7. No segundo grupo (1991-1994), o IMC era de 24,6, enquanto no último período era de 27 (considerado como excesso de peso segundo os padrões atuais). Publicado na revista JAMA, o estudo revela que o excesso de peso deve ser sempre evitado pelas consequências que vão desde problemas de saúde já citados, complicações mentais, emocionais e sociais, mas que não é causa direta para uma morte precoce.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*