Pedidos de impeachment não serão avaliados como ‘drive-thru’, diz Maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), afirmou, nesta quarta-feira (24), que os pedidos de impeachment não serão avaliados como “drive-thru”. “Não posso avaliar uma situação tão grave como esta num drive-thru. Não é assim. Não é desse jeito”, disse, em entrevista à imprensa, ao chegar à Câmara. O democrata ainda não se manifestou sobre os 12 pedidos de impedimento do presidente Michel Temer (PMDB). Nesta quinta-feira (25), a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) deve apresentar o 13º requerimento. (Bahia.Ba)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*