Nem tão amargo: Crianças com menos de 2 anos tendem a aceitar legumes na alimentação

Legumes na refeição das crianças podem se tornar rotina caso os pais os introduzam quando eles forem pequenininhos. Um estudo da Universidade de Leeds afirma que quando as hortaliças são oferecidas às crianças antes de dois anos de idade, elas tendem a aprovar essa opção. De acordo com a pesquisa, até crianças mais agitadas podem ser incentivadas a comer mais legumes e verduras. No mesmo estudo, os cientistas também dissiparam o mito popular de que o gosto de legumes precisa ser mascarado para que as crianças possam comê-los. Reportagem da BBC diz que na experiência, cada criança recebeu entre cinco e dez porções de pelo menos cem gramas de purê de alcachofra. A comida foi servida pura, adoçada com açúcar ou misturada com óleo vegetal para adicionar energia. A constatação dos pesquisadores é que houve pouca diferença na quantidade consumida ao longo do tempo entre aqueles que foram alimentados com o purê puro e os que tinham a versão adoçada, o que sugere que tornar os legumes doces não incentiva as crianças a comerem mais.

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*