Mesmo com aumento do volume de reservatórios, Embasa não descarta racionamento de água em Salvador

Mesmo com as chuvas que vêm caindo neste mês de maio em Salvador, a Embasa informou que a possibilidade de racionamento de água não foi descartada. Em nota enviada ao G1, nesta última terça-feira (30), a empresa diz que houve melhora nos níveis dos reservatórios, que a quantidade de chuva ainda é menor que a média história. Por conta disso, não é possível descartar nenhuma medida voltada para garantir a continuidade do abastecimento diante de uma menor disponibilidade hídrica. Ainda segundo a Embasa, o reservatório que teve o maior aumento no nível do volume útil foi o Joanes 1, que em 2 de maio tinha de 59,82% do volume, e em 29 de maio foi para 100%. O Joanes 2 também teve um aumento sensível, saindo de 13,31% para 47,70%. Os outros reservatórios tiveram um aumento menor, como o Santa Helena, que saiu de 11,75% para 22,40%; Ipitanga 1, cujo volume era de 20,09% e foi para 38,47%; e o Ipitanga 2, que saiu de 39,91% para 53,98%. O reservatório da Pedra do Cavalo foi o único que sifre queda no volume útil, saindo de 24,23% para 23,46%.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*