Forró é usado como terapia em unidade de saúde

Um dos ritmos tradicionais do Norte e do Nordeste, o forró é uma ferramenta da saúde no Centro de Referência em Práticas Integrativas em Saúde (Cerpis), em Planaltina, Distrito Federal. A atividade acabou se tornando um ponto de encontro dos moradores da região, especialmente dos idosos, e faz parte de uma série de outras ações desenvolvidas no Cerpi, como oficinas de automassagem, tai chi chuan e lian gong (prática corporal da medicina tradicional chinesa). O médico e gerente do local, Marcos Freire, falou com exclusividade à Sputnik Brasil: "Nós temos uma abordagem integrativa da saúde, criamos práticas de trabalho em grupo junto com consultas médicas especializadas como acupuntura e homeopatia." Freire conta que a ideia de utilizar a dança surgiu de uma sugestão da comunidade, e que desde então os encontros tiveram grande adesão. Além do ritmo nordestino, outros gêneros musicais fazem parte da programação. "Ficar só trabalhando em casa não dá, a gente tem que dançar um forrozinho", disse a aposentada e frequentadora do forró Josefa Maria da Silva, 65 anos, em entrevista à Agência Brasília. O Cerpis foi fundado em 1983, com a plantação de ervas medicinais no terreno do Hospital Regional de Planaltina. Posteriormente, houve uma expansão com a construção de um local próprio e o desenvolvimento de atividades como homeopatia, fitoterapia, acupuntura e grupos de educação em saúde como os de automassagem chinesa, lian gong, tai chi chuan, alimentação integral, autoconhecimento, xaropes caseiros e bordado terapia.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*