Conheça algumas manias que fazem perder tempo em academia

Você já ter sentido a sensação de que fez pouco durante o tempo que passou na academia. Usar roupa inadequada, andar lentamente na esteira ou fazer sempre os mesmos exercícios, podem atrapalhar o resultado da malhação. Para não ficar com a culpa de não ter prestado mais atenção nos detalhes, veja a seguir algumas das situações improdutivas e dicas para melhorar o treinamento.

Fazer musculação com maiores intervalos entre as séries; 
O problema ocorre com aquela pessoa que não consegue abrir mão do “social”. Entre uma série e outra, ela conversa calmamente com colega, treinador, bebe água, se olha no espelho. Para que o treino funcione, é importante respeitar intervalos entre as séries de musculação, que, em média, são de 30 a 45 segundos.

Ficar na esteira por 1h30 na velocidade de 4km/hora;
No ritmo de 4km por hora, para conversar com o amigo na esteira ao lado, não dá. Os especialistas indicam que é importante usar um parâmetro como indicador da intensidade do esforço. O melhor e mais usado é o frequencímetro, que mede a frequência cardíaca (FC) durante o exercício. 

Fazer musculação e atividade aeróbica quando dá vontade; 
Às vezes o indivíduo sai para correr às terças e quintas, às vezes faz musculação às quartas. Algumas semanas não faz nada. Em outras, faz tudo, todos os dias. É difícil ter bons resultados sem uma rotina de treinos, descanso e alimentação. Alguma rotina há que se ter. 

Treinar todos os dias, mesmo exausto; 
O problema é para aqueles em que descanso não existe. São os que mesmo sem dormir direito, ou estar doente, vai para a academia. 

Tornar a musculação mais “fácil”; 
Os especialistas dizem que pegar leve no peso ou se exercitar na postura errada, sem sentir esforço, é quase como não fazer nada. Para a musculação realmente funcionar, é preciso adequar as cargas de cada exercício e aumentar o peso de acordo com as adaptações geradas. 

Não variar o treino; 
É a pessoa que faz todo santo dia a mesma coisa. As mesmas séries, nos mesmos equipamentos, com os mesmos pesos. A evolução física neste caso tende a ficar estagnada. É importante variar os estímulos de carga, intervalos, métodos e exercícios que trabalhem vários grupos musculares. 

Usar roupas inadequadas; 
É recomendado usar roupas confortáveis que favorecem a ventilação. Vestimentas, assim, protegem do contato direto com aparelhos de musculação para evitar o surgimento de micoses.

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*