Com nome fora da Lava Jato, Jutahy ainda terá de provar legalidade de doações

Embora esteja com o nome fora da lista de pedidos de inquéritos da Lava Jato, o deputado federal Jutahy Magalhães Jr. (PSDB) ainda responderá em inquérito que apura se ele recebeu R$ 850 mil da Odebrecht. A informação veio das delações dos executivos Benedicto Barbosa da Silva Júnior, e José de Carvalho Filho. A partir de agora, o processo ficará a cargo de outro ministro, já que Edson Fachin ordenou a redistribuição dos procedimentos. Apesar disso, o tucano comemorou a decisão de Fachin. Nesta sexta (26), ele afirmou que é “um momento de alegria e alívio ser retirado de uma lista na qual jamais deveria ter entrado”. “Quanto à questão de doação eleitoral, demonstrarei no inquérito que fiz tudo de forma correta e espero ter esse processo arquivado”. (Noticias ao Minuto)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*