Temer grava vídeo para o Dia do Trabalho e evita Previdência

Em um vídeo gravado na tarde desta sexta-feira (28/04) no Palácio do Planalto para o Dia do Trabalho, que circulará apenas nas redes sociais no próximo dia 1º, o presidente Michel Temer vai - em cerca de dois minutos - fazer a defesa da "modernização trabalhista" e evitará falar da reforma da Previdência. Segundo interlocutores, a fala de Temer tem um tom de otimismo de que com as medidas implementadas pelo seu governo o emprego será retomado. O discurso do presidente destacará ainda algumas medidas consideradas como positivas como a liberação das contas inativas do FGTS e o lançamento do Cartão Reforma. Além disso, Temer dirá que a inflação e os juros estão caindo e que o governo está criando condições para que o desemprego diminua. Na conclusão de sua fala aos trabalhadores, o presidente dirá que acredita "na força de cada um para transformar o país". Apesar de evitar focar no passado, a fala de Temer destaca ainda a herança ruim que ele recebeu do governo anterior. "E uma citação rápida para lembrar como ele recebeu o país", disse um auxiliar. Sem panelas A opção de publicar o vídeo apenas nas redes sociais e evitar a cadeia de rádio e TV, segundo uma fonte próxima ao presidente, é uma opção pessoal dele, que possui um "estilo cauteloso", mas auxiliares reconhecem que é inevitável a comparação com os panelaços que aconteceram nas últimas vezes que a então presidente Dilma Rousseff foi à TV. "Essa possibilidade existe, não podemos negar, mas o presidente quer passar a sua mensagem e sabe que ela terá repercussão e o importante é isso", avaliou uma fonte. (Época Negócios)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*