Deputado é expulso do PDT por votar a favor da reforma trabalhista

O PDT expulsou o deputado federal Carlos Cadoca (PDT) do partido após ele ter votado a favor do Projeto de Lei da Reforma Trabalhista, em votação ocorrida no plenário da Câmara dos Deputados nessa quarta-feira (27). Em nota, a Executiva Nacional do PDT informou que o posicionamento de Cadoca vai de encontro a decisão de fechamento de questão contra as reformas propostas pelo governo federal. A posição do partido foi decidida na Convenção Nacional do PDT em março de 2017, segundo destaca o JC Online. Confira a nota na íntegra divulgada pela PDT:

Diante do resultado da votação da reforma trabalhista ocorrida na noite de ontem, em Brasília, a Executiva Nacional do PDT decide, ad referendum, pela EXPULSÃO do parlamentar Carlos Eduardo Cadoca (PE). A medida vai ao encontro de decisão tomada na última Convenção Nacional do PDT, em 17 de março, onde o Diretório Nacional fechou questão contrária às reformas do atual governo que ataca e retira direitos dos trabalhadores brasileiros. O PDT tem suas raízes históricas e lutas sempre em favor do trabalhador brasileiro. No momento que um governo ilegítimo, imoral e sem qualquer apoio popular decide atacar diretamente as conquistas trabalhistas, o PDT tem a obrigação de ficar ao lado do trabalhador brasileiro. Carlos Lupi, Presidente Nacional do PDT

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*