Novo rombo de distribuidoras pode parar na conta de luz

O governo quer empurrar para as tarifas de energia dos brasileiros o custo da ineficiência das distribuidoras da Eletrobras que atendem a Região Norte. Emendas que aliviam a situação financeira dessas companhias foram incluídas no relatório da Medida Provisória 706, cujo objetivo é dar condições para que essas empresas possam renovar seus contratos de concessão. Estimativas preliminares da indústria apontam que a proposta pode repassar à conta de luz e ao Tesouro Nacional uma dívida em torno de 9 bilhões de reais ao longo dos próximos anos. As sugestões acatadas no relatório são uma das últimas ações do ex-ministro de Minas e Energia Eduardo Braga (PMDB-AM), que deixou o cargo e está licenciado do Senado, em mais uma das medidas que, nos bastidores do setor elétrico, têm sido chamadas de "jabutis amazônicos". A principal beneficiada da medida seria justamente a Eletrobras Amazonas Energia, que atua no Estado que é a base eleitoral de Braga. O governo foi consultado e se manifestou de forma favorável ao relatório, confirmaram o relator da MP 706, o senador Edison Lobão (PMDB-MA) e o Ministério de Minas e Energia. Para não perder validade, a MP 706 precisa ser aprovada na Câmara e no Senado até 31 de maio. Atualmente, as perdas que as distribuidoras têm com roubo de energia - os chamados gatos - são parcialmente repassadas para a conta de luz do consumidor. Para evitar que a empresa seja displicente, aquilo que ultrapassa uma meta fixada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vira prejuízo aos acionistas da companhia. A proposta que entrou na forma de emenda de Lobão na MP 706 amplia o limite e o repasse das perdas que as distribuidoras da Eletrobras têm direito. Com a medida, os clientes dessas companhias passariam a pagar mais caro por um serviço pior. Mas, para evitar que esse custo aumente a conta de luz dos usuários da Região Norte, o texto aumenta o subsídio que as empresas recebem para comprar combustível para as usinas térmicas. Esse benefício é recolhido por meio de encargo na conta de luz, cujos gastos são quase que totalmente financiados pelas tarifas dos consumidores do Sul, Sudeste e Centro-Oeste, que pagam 4,5 vezes mais que os do Norte e Nordeste.

Por 'desvio de poder' de Cunha, AGU pedirá anulação do impeachment

O advogado-geral da União José Eduardo Cardozo defendeu na manhã desta quinta-feira (5), na comissão especial do impeachment no Senado, que o afastamento do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), confirma o argumento de que o parlamentar agiu com “desvio de poder” no trâmite do processo do impedimento na Casa. Com a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki, que determinou a suspensão do mandato de Cunha, a AGU entrou com um pedido de anulação do processo. “Já estamos pedindo e vamos pedir a anulação. A decisão do Supremo mostra clarissimamente de forma indiscutível que Eduardo Cunha agia com desvio de poder para obstaculizar sua própria investigação. Agora ficou evidenciado por uma decisão judicial aquilo que nós temos afirmado por muito tempo”, apontou Cardozo. O advogado-geral da União questionou ainda ao relator do processo no Senado, Antonio Anastasia (PSDB-MG) a ausência de contestação à tese da defesa, em seu relatório, de que houve desvio de poder. “Vossa Excelência não quis enfrentar a questão sobre os atos de Cunha. Vai passar batido? Não vai se enfrentar essa questão. Isso precisa ser melhor apurado, sinceramente”.

Gosta de beber Ginger Ale? Veja como preparar em casa

Os países da América do Norte adoram beber Ginger Ale, mas a bebida ainda não caiu no gosto popular do brasileiro. Refrescante, a bebida leva um poderoso aliado à saúde: o gengibre.A bebida é altamente refrescante e caso você nunca tenha provado, pode unir o útil ao agradável e aproveitar para preparar essa bebida que além de deliciosa ainda leva esse excelente ingrediente na receita. Confira!
Ingredientes
2 xícaras de gengibre fatiada
4 xícaras de água filtrada
2 colheres de sopa de suco de limão
2 colheres de xarope de agave ou outro tipo de adoçante
Água gaseificada
Modo de preparo

Em uma panela, leva ao fogo a água, o açúcar e o gengibre. Assim que levantar fervura, abaixe o fogo e deixe reduzir por uma hora. Desligue o fogo e deixe esfriar, adicionando o limão. Coe a mistura e guarde em um pote bem fechado na geladeira.Para servir, encha o copo com água com gás e adicione três a quatro colheres se sopa da mistura. Adicione rodelas de limão e folhas de hortelã para decorar. Sirva bem gelado.

Joaquim Barbosa afirma que decisão de Zavascki é 'extraordinária e corajosa'



O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro aposentado Joaquim Barbosa, se manifestou sobre a decisão do ministro Teori Zavascki de afastar, em liminar, o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e por consequência, tirá-lo da presidência da Câmara. Em seu Twitter, o ex-ministro afirma que Teori tomou “uma das mais extraordinárias e corajosas decisões da história político-judiciária do Brasil”. Barbosa, em seu perfil, lembra que está afastado da vida pública há quase dois anos, que é um cidadão “plenamente livre”, e que, embora haja questões que o incomodem no processo de impeachment, resolveu não participar do debate, mas que isso não o impede, porém, “de indicar algumas pistas, apontar certos deslizes, chamar a atenção para possíveis consequências” da decisão. Barbosa elogia o senador Anastasia, que relata o processo de impeachment no Senado, classificando-o como “de primeira ordem”, por citar Alexander Hamilton, que influenciou as bases do capitalismo americano.“Hamilton era um gênio, uma das mentes poderosas na origem da criação das instituições que moldaram os EUA, copiadas pelo Brasil.É bonito citar Hamilton! Mas Hamilton e outros constituintes de 1787 tinham justificado temor quanto a certos aspectos do impeachment.Qual era o maior temor de Hamilton em relação ao processo de impeachment? "the demon of faction"!O leguleio incompreensível em curso no Senado nos últimos dias só serve a um propósito: esconder do grande público questões fundamentais”, escreveu o ex-ministro. Barbosa diz que o Brasil “não é uma republiqueta qualquer”.Ele narra que em 1868, através do impeachment, se tentou tirar o presidente Andrew Johnson dos EUA, por dois motivos: “um ostensivo e outro, oculto”. Segundo Barbosa, o ostensivo visava a exoneração de um ministro de Estado sem autorização do Senado, e que o presidente se salvou por um voto, mas que a presidência saiu ferida. Na época, os políticos americanos não queriam a “mexicanization” do país. A história, para Barbosa, leva a uma reflexão sobre a realidade do Brasil.“Provincianos em sua maioria, loucos para assumir as rédeas do poder, nossos líderes não têm dado bola à dimensão internacional da questão.É que o Brasil de 2016 tem muito mais importância no plano internacional do que tinham os EUA em 1868!Nós temos a mais sólida e estável democracia da América Latina; entre os chamados países emergentes, nada há de comparável ao que temos aqui.Temos um poder Judiciário robusto e independente, coisa rara entre os membros do grupo de países que citei acima.A decisão de hoje do ministro Teori aí está como uma bela demonstração”. Barbosa pontua ainda que, até mesmo nas grandes democracias, “é duvidoso que algum juiz tenha o desassombro para tomar esse tipo de decisão”.

WhatsApp pode voltar a ser bloqueado no Brasil

Ainda não acabou a briga entre o WhatsApp e a Justiça brasileira. Embora o aplicativo tenha sido liberado para operar no país após um bloqueio que durou mais de um dia, o serviço ainda corre o risco de enfrentar outro período de inatividade. O UOL conversou com juristas e eles lembraram que, como o caso ainda está correndo em segunda instância, no Tribunal de Justiça de Sergipe, há a possibilidade de que a briga continue uma esfera acima. Caso os autores da ação contra o WhatsApp insistam, o caso deve parar nas mãos do Superior Tribunal de Justiça. Lá, se o pedido do juiz Marcel Montalvão for acatado integralmente, a decisão de bloquear o serviço. Conforme explica a reportagem, a Justiça de Lagarto (SE) já usou todas as sanções previstas em lei para forçar o WhatsApp a fornecer dados de pessoas envolvidas com uma investigação de tráfico de drogas. Depois de passar por multas, a prisão de um diretor do Facebook (dono do WhatsApp) e suspensão das atividades da empresa, resta deixar as sanções mais rigorosas, aumentando o valor das multas, por exemplo. Outro detalhe é que a intervenção do desembargador que contrariou o juiz Montalvão, liberando o aplicativo, também precisa passar pela avaliação do colegiado do TJ-SE. Isso deve acontecer em até um mês e, dependendo do resultado, o serviço pode voltar às escuras. Especialistas explicaram que toda a questão talvez fosse evitada se o próprio WhatsApp apresentasse um laudo técnico comprovando que não tem como fornecer os dados requeridos pela Justiça. ”Há discussões técnicas baseadas no princípio da informática que debatem a viabilidade de o WhatsApp reverter seu sistema de criptografia e entregar à Justiça brasileira os dados solicitados”, diz o advogado Renato Opice Blum; para ele, talvez a empresa ainda não tenha se mexido por saber que tal reversão é possível. A advogada Gisele Truzzi acredita que a obtenção do laudo pode gerar outro processo judicial. Em vez de focar na entrega dos dados, este teria intenção de forçar a quebra da criptografia do aplicativo. “Entendo que seria cabível. É uma situação muito nova, só vendo caso a caso para ver o que iria acontecer.”

Descubra truques para se sentir mais confiante numa relação

A segurança é um dos pilares básicos de uma relação. Além do amor e da compaixão, é importante que os dois membros do casal estejam seguros de si e do compromisso que os une. Quando o sentimento não é suficiente e a auto-estima teima em deixá-lo triste, nada como treinar a confiança. E segundo o site Bustle existem várias formas de o conseguir. Uma delas é parar com a comparação. Comparar-se a si com outra pessoa ou comparar a sua relação com outra (seja real ou meramente social) não é benéfico a nível algum e pode mesmo colocar o compromisso em risco. Os pormenores fazem toda a diferença numa relação, mas quando podem colocar o bem-estar do casal em causa devem parar de estar no centro das atenções, tal como os aspetos negativos. Manter a concentração nos momentos bons e naquilo que de positivo a relação pode trazer é meio caminho andado para aumentar a segurança e confiança. Conversar sobre tudo – o que está bem, o que está mal, o que entristece, o que afeta – é também fundamental para a saúde do casal e para a segurança, diz a publicação que destaca ainda a importância de saber quando se deve ou não aceitar os conselhos de outras pessoas. Diz ainda a publicação que manter o contato físico é uma das formas mais eficazes de manter a segurança, confiança e estabilidade numa relação.

Itapetinga: Posto de saúde é arrombado e doses de vacina contra H1N1 são furtadas

Um frasco com 10 doses da vacina contra a gripe H1N1 foi roubada no posto de saúde do bairro Vila Isabel, na cidade de Itapetinga, região sudoeste da Bahia. O caso foi registrado na delegacia do município e o Departamento de Polícia Técnica (DPT) já realizou perícia no local. Até a tarde desta quinta-feira (5) ninguém tinha sido preso. Segundo informações da coordenadora de imunização de Itapetinga, Bruna Lima, o frasco roubado era o único contra H1N1 que estava na geladeira do posto de saúde e as doses seriam aplicadas em gestantes que não puderam se vacinar no dia campanha porque estão com gravidez de risco, em repouso domiciliar, e seriam imunizadas no dia dos exames de pré-natal. De acordo com a coordenadora, além de levar as vacinas da H1N1, o autor do crime deixou espalhados no chão da unidade outros tipos de vacina que estavam guardadas, mas não eram alvos do furto. "A pessoa pulou o muro e arrombou a sala da vacinação na madrugada de terça [3] para quarta [4]. Nós descobrimos pela manhã de quarta e registramos queixa na delegacia. Além de roubar, ainda jogaram outras vacinas no chão, deixaram espalhadas no jardim da unidade", detalha a coordenadora do serviço.(G1)

Polícia prende quinto integrante de quadrilha que atua na região metropolitana de Salvador

Uma operação deflagrada pelo Draco (Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado) resultou na prisão de Ronald da Silva Ferreira, o Júnior, de 18 anos, acusado de ser responsável por guardar as drogas de uma quadrilha que integrava na RMS (região metropolitana de Salvador). Na ocasião, Ronald estava com uma pistola calibre 380, um revólver calibre 32 e uma espingarda calibre 12, além de 100g de cocaína. De acordo com a polícia, o flagrante na quarta-feira (4), em São Francisco do Conde. O diretor adjunto do Draco, delegado Alexandre Narita informou que Ronald é o quinto integrante do bando, liderado pelo traficante Denílson Amorim dos Santos, o Deninho Demônio, que cumpre pena no Presídio Regional de Feira de Santana. Diante dos fatos, o suspeito foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo e em seguida encaminhado ao sistema prisional. (R7)

Mega-Sena pode pagar R$ 31,5 milhões nesta quinta-feira

O sorteio do concurso 1.815 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 31,5 milhões para quem acertar as seis dezenas nesta quinta-feira (5). O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília), no Terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo (SP). O sorteio extra faz parte do especial "Mega-Sena das Mães" e altera o calendário dos demais sorteios desta semana: o concurso 1.814 foi realizado na terça-feira (3) e o 1.816 será no sábado (7). De acordo com a Caixa Econômica Federal (CEF), se um apostador levar o prêmio sozinho e aplicá-lo integralmente na poupança, receberá cerca de R$ 198 mil por mês em rendimentos. Caso prefira, poderá adquirir 39 imóveis no valor de R$ 800 mil cada ou 7 helicópteros. (G1)

Veja como funciona a dieta do jejum que Deborah Secco fez

A atriz Deborah Secco é mãe da pequena Maria Flor, de 5 meses, e relatou à revista "Glamour" como manteve a forma depois do nascimento da primeira filha. No entanto, a famosa chocou o público ao afirmar que chegou a ficar 23 horas sem comer, segundo informações do portal iG.A nutricionista Fernanda Muller receitou a chamada dieta do jejum para Deborah e,usou o Snapchat para afirmar que a atriz só seguiu a dieta e os longos períodos sem comer depois da gestação, quando não estava nem mais amamentando Maria Flor: "Ela não fez nenhum jejum durante a gravidez".Seguindo a dieta, Deborah só deveria comer quando sentisse realmente fome. Somente a partir disso, poderia consumir o que quisesse, desde que fosse "bicho ou planta", como disse para a publicação. Portanto, a alimentação se baseou em gordura e proteína e a celebridade ficava diversas horas sem comer nada. Carboidratos só eram permitidos um dia na semana.

"É uma dieta nova ainda e acaba comendo duas vezes por dia", disse o nutrólogo André Veinert."Você fica muito tempo sem comer e, quando come, vai comer muito. Vai criando um vício e pode ser uma bomba no futuro", explica a nutróloga Ana Luisa Vilela.Essa dieta emagrece porque, mesmo comendo a quantidade que quiser de carne, por exemplo, não será a mesma quantidade de calorias de todas as refeições de um dia normal. Outra questão de poder ficar mais tempo sem comer é porque proteína e gordura dão uma sensação maior de saciedade do que um pão.De acordo com Vilela, essa dieta não parece muito saudável. "Até emagrece, mas o corpo vai queimar, independente do que seja. Pode perder até massa muscular", destaca a especialista.Um longo jejum pode desacelerar o metabolismo, ou seja, um metabolismo lento significa mais dificuldade para emagrecer. "Sem o alimento, o combustível, o corpo entra em estado de inanição e isso não é bom. Ele sabe que vai faltar alimento e acaba fazendo reservas. A longo prazo, isso diminui o metabolismo", esclarece André.

Mesmo sob controvérsias, Deborah Secco disse à revista que está bem e com todos os exames em dia.Em termos gerais, os médicos e nutricionistas ainda indicam a tradicional dieta fracionada, na qual se come pequenas porções, várias vezes ao dia. "Não oriento esse tipo de padrão alimentar [com o jejum intermitente]. Acredito em uma alimentação variada, gradual, que respeite o corpo de cada um", fala Roberta.

Saiba porque temos caspa

Dá coceira, é desconfortável e ainda fica visível em todo o material escuro (desde roupas ao tampo da secretária). Um verdadeiro pesadelo, não?E pior, mesmo mudando de shampoo e tentando de tudo, acaba por voltar. Mas afinal, porque temos caspa?A Dra. Rolanda J. Wilkerson, cientista que trabalha para a Head & Shoulders, explicou ao Yahoo que a caspa se deve a duas coisas.A primeira é um tipo de fungo que vive no couro cabeludo, chamado malassezia furfur, que muita gente tem.O Segundo fator é o sebo, um óleo natural produzido pelas glândulas sebáceas neste caso no couro cabeludo. E também todo mundo tem. Mas é a quantidade que tem e a taxa de produção que vai mudar a sua vida no que diz respeito à ocorrência ou não de caspa, claro.O fungo malassezia furfur alimenta-se de sebo, produzindo um subproduto tóxico que vive no couro cabeludo.A especialista explica que “o couro cabeludo de uma pessoa é geneticamente susceptível a responder à presença desse subproduto irá responder”, acelerando a produção de células da pele como forma de se proteger.A solução? Usar shampoo e condicionador especializado, com piritiona de zinco, que ataca o fungo e para as reações que provocam a caspa na sua origem.

O que é estenose aórtica? Cardiologista explica

À medida que a válvula aórtica torna-se mais estreita, a pressão aumenta no interior do ventrículo esquerdo do coração. Isso faz com que o ventrículo esquerdo torne-se mais espesso, reduzindo o fluxo sanguíneo, o que pode causar dor no peito. À medida que a pressão aumenta, o sangue pode retornar aos pulmões, ocasionando falta de ar. Formas mais graves de estenose aórtica impedem que uma quantidade suficiente de sangue chegue ao cérebro e ao restante do corpo. Isso pode causar tonturas e desmaios. A estenose aórtica pode estar presente desde o nascimento (congênita) ou pode se desenvolver ao longo da vida (adquirida). Crianças com estenose aórtica podem ter outros problemas congênitos. Em adultos, a estenose aórtica ocorre mais comumente nos que tiveram febre reumática, uma condição que pode se desenvolver após uma faringite estreptocócica ou escarlatina. Problemas na válvula só se manifestam por 5 a 10 anos, ou mais, após a ocorrência da febre reumática. A febre reumática está cada vez mais rara nos Estados Unidos. Apenas raramente, outros fatores levam à estenose aórtica em adultos. Entre eles estão depósitos de cálcio formados ao redor da válvula aórtica, tratamentos com radiação no tórax e alguns medicamentos. A estenose aórtica não é comum. Acontece com mais frequência em homens do que em mulheres.

Exames
O médico poderá sentir a vibração ou movimento ao colocar a mão sobre o coração do paciente. Um sopro cardíaco, um clique, ou outro som anormal são quase sempre audíveis através do estetoscópio. Pode haver um pulso fraco ou mudanças na qualidade do pulso no pescoço (isso é chamado de pulso parvus et tardus).Bebês e crianças com estenose aórtica podem se sentir extremamente cansados e apresentar sudorese, palidez, falta de ar e respiração ofegante. Elas também podem ser menores que outras crianças da mesma idade. Leia mais: www.uvaldorosa.com.br

USP despenca em ranking de melhores universidades do mundo

Única brasileira de Top 100 da lista, elaborada com base em consultas a mais de 10 mil acadêmicos, universidade caiu ao menos 40 posições em relação ao ano passado. A Universidade de São Paulo (USP) caiu ao menos 40 posições no Top 100 das melhores universidades do mundo segundo sua reputação, um ranking elaborado anualmente pela Times Higher Education, a principal publicação dedicada ao ensino superior no Reino Unido. Única representante do Brasil na lista, a instituição quase ficou de fora do top 100 em 2016, ficando entre as posições 91 e 100. Em 2015, a USP ficou na faixa entre os lugares 51 e 60. Ainda assim, a universidade é a melhor avaliada em toda a América Latina; não há nenhuma outra instituição de ensino superior da região relacionada na lista. O ranking foi elaborado com base em consultas a mais de 10 mil acadêmicos convidados ao redor do planeta. Cada participante indicou as 15 universidades que acreditava ter o melhor ensino e pesquisa em suas áreas de atuação.

Harvard lidera
Neste ano, a Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, manteve-se na primeira posição do ranking, que tem um novo vice-líder, também americano: o Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT, na sigla em inglês), que no ano passado ocupava a quarta posição. Outras seis universidades dos Estados Unidos e duas do Reino Unido completam o top 10.

Boa performace asiática
O outro destaque de 2016 ficou por conta das instituições asiáticas. A região passou a ter 18 universidades entre as cem melhores, bem acima das dez do ano passado. A mais bem colocada foi a Universidade de Tóquio, no Japão, em 12º lugar, enquanto a Universidade de Tsinghua e a Universidade de Peking subiram oito e 11 posições, para o 18º e o 21º lugar respectivamente. Os dois países são as nações da Ásia com o maior número de representantes na lista, com cinco cada uma, enquanto a Coreia do Sul e Hong Kong passaram a figurar no ranking com uma instituição cada. Para Paul Blackmore, professor de ensino superior do King's College, no Reino Unido, a boa performance asiática se deve a uma combinação de "crescimento de seus sistemas universitários" e "do maior reconhecimento na comunidade acadêmica". "Tivemos uma visão anglo-saxônica do ensino superior por muitos anos, mas isso não se manterá por muito tempo", disse. (Uol)

Milão quer pagar motoristas que trocarem carro por bicicleta

A Itália figurou um ranking nada feliz: três cidades das 20 mais poluídas da Europa são do país: Turin (em 3º lugar), Roma e Milão. Os níveis de poluição do ar apresentaram números tão alarmantes que a prefeitura de Milão estuda implementar uma medida polêmica para tentar reverter o quadro, de acordo com o site 'Conexão Planeta'. A prefeitura de Milão já proibiu a circulação de carros, motos e scooters no centro da cidade e a reduzir o valor do transporte público, após a cidade passar um mês imersa na chamada 'smog', densa camada de micropartículas poluentes que, segundo especialistas, estão diretamente ligadas ao aparecimento de problemas respiratórios e pulmonares. Como os níveis continuam altos, Pierfrancesco Maran, secretário de Mobilidade e Meio Ambiente de Milão, quer lançar uma nova iniciativa ainda mais incisiva: dar dinheiro para aqueles que deixarem o carro em casa e forem de bicicleta para o trabalho. “Queremos que as pessoas tomem consciência de que andar de bike é muito mais saudável para elas e para a cidade”, diz Maran, que ainda não explicou sob quais moldes a medida funcionaria. O secretário estuda usar um aplicativo, que controla e calcula o uso da bicicleta.

Estudante de Odontologia causa revolta ao afirmar que furou gengiva de criança

Uma conversa de um grupo de Facebook na qual duas estudantes de Odontologia falam sobre procedimentos clínicos aplicados em crianças gerou revolta e discussões nas redes sociais nos últimos dias. Trechos do diálogo foram compartilhados por muitas pessoas e, em um deles, uma das jovens diz que, orientada pela professora a “ter uma postura forte e não dar abertura para criança fazer birra”, já chegou a furar a gengiva de um menino para que ele ficasse quieto durante um procedimento. Uma das estudantes seria da FMU (Faculdades Metropolitanas Unidas) no Campus de Santo Amaro, em São Paulo. O EXTRA conversou com o Dr. André Passarelli Neto, docente e ex-coordenador do curso na instituição. "Eu soube do caso pelo Facebook e fico enojado em ver uma aluna fazer isso dentro de uma instituição de ensino. Se ela tivesse alguma dúvida sobre o procedimento, deveria ter acionado a professora para ter a orientação correta". De acordo com André, os atendimentos em crianças são feitos em clínicas dentro da própria faculdade, sob supervisão. No total, seis profissionais acompanham os alunos nos procedimentos, mas ele garante que nenhum dos professores orienta os alunos a fazer ameaças aos pacientes. Na disciplina de Odontopediatria existem algumas manobras que ensinamos porque as crianças são mais difíceis de serem tratadas, elas ficam com medo. Além disso, as mães são obrigadas a acompanhar tudo que é feito nos filhos. Na conversa postada na internet, a estudante disse que estava fazendo uma profilaxia e a professora a mandou intervir, então, ela pegou a carpule (seringa com agulha) e furou a gengiva da criança. “Eu falei: você quer com dor ou sem dor? Aí ele: sem dor. Eu falei: então abre a boca e fica quieto!”. "A profilaxia é um processo de limpeza e conservação dos dentes e não é necessária anestesia, por isso, a carpule nem deveria estar lá", afirma.

Ministro do STF afasta Cunha do mandato de deputado na Câmara

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki determinou nesta quinta-feira o afastamento do presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) do mandato de deputado federal. As informações são do jornal Folha de São Paulo. O ministro concedeu uma liminar em um pedido de afastamento feito pela Procuradoria-Geral da República e apontou 11 situações que comprovariam o uso do cargo pelo deputado para "constranger, intimidar parlamentares, réus, colaboradores, advogados e agentes públicos com o objetivo de embaraçar e retardar investigações". Na peça, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, chegou a classificar o peemedebista de "delinquente".Aguarde mais informações.

RECEITA: Atum ao forno

Ingredientes
3 batatas grandes cozidas cortadas em rodelas
2 tomates sem pele e sem sementes cortados em cubos
1 cebola cortada em rodelas finas
2 latas de atum
200 g de mussarela ralada
Azeite para regar
Sal e pimenta a gosto
2 colheres (sopa) de salsa picada

Modo de preparo
Junte com um pouco de azeite um refratário. Alterne camadas de batata, tomate, cebola, atum e mussarela. Sobre cada camada, regue um pouco de azeite, tempere com o sal, a pimenta e a salsa. Leve ao forno, preaquecido, a 220 ºC durante 25 minutos. Sirva em seguida. 

Dica: se quiser dar um sabor a mais, alterne camadas de pimentão cortado em rodelas.

Banco Central europeu deixará de emitir notas de 500 euros

O Banco Central Europeu (BCE) anunciou nesta quarta-feira que deixará de emitir notas de 500 euros, acatando uma proposta surgida em fevereiro. A decisão, segundo o BCE, leva em conta essas cédulas, as mais altas da família de notas da moeda única européia, facilitem atividades criminosas. O BCE "decidiu deter de forma permanente a produção de cédulas de 500 euros e excluí-las das séries na Europa, levando em conta a preocupação de que essas notas facilitem as atividades ilícitas", disse o organismo em um comunicado após um encontro de seu Conselho de Governo. As cédulas que já estiverem em circulação continuarão sendo aceitas como forma de pagamento. Segundo autoridades europeias, como a Europol (o Serviço Europeu de Polícia), as notas de 500 euros são frequentemente usadas para atividades ilícitas, entre elas o terrorismo. Os criminosos usam cédulas de maior valor para movimentar grandes somas de dinheiro com o mínimo possível de volume. (AFP)

Deputados da Bahia aprovam Plano de Educação sem termos 'gênero' e 'sexualidade'

Em meio à confusão e após forte lobby dos deputados evangélicos, a Assembleia Legislativa da Bahia aprovou, o Plano Estadual de Educação (PEE) com trechos suprimidos do texto original. Foram retiradas as partes que previam assegurar a formação de professores da rede estadual de ensino para questões de gênero e sexualidade no Estado. Por acordo, as expressões foram substituídas pelo termo "diversidade". A sessão de apreciação da matéria foi marcada pela confusão nos corredores, galerias e plenário entre evangélicos e grupos ligados à garantia dos direitos das mulheres e LGBTT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros). Entre gritos de "Fascistas não passarão", de um lado, e "ôôô a família voltou", do outro, houve empurra-empurra que resultou na quebra de uma porta de vidro. Uma mulher desmaiou. No plenário, o deputado Carlos Ubaldino (PSC) justificou sua posição pela retirada das expressões sobre gênero e sexualidade afirmando que a mulher nasceu da costela do homem. O deputado Pastor Sargento Isidório, que se apresenta com "ex-gay e ex-drogado" disse que o que se propunha era ensinar sexo para crianças de seis anos. "Homofobia é querer extinguir as crianças", afirmou. Após a votação , ele ficou dançando com a Bíblia nas mãos. Em defesa pela manutenção das expressões no texto, a deputada Fabíola Mansur (PSB) argumentou que a Bahia é pioneira no País nos estudos sobre questões de gênero, com a implantação do primeiro bacharelado em estudos de gênero da América Latina. "Precisamos formar cidadãos que respeitam o próximo", disse. Testemunha da sessão, a professora do Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre a Mulher, Maíra Kubík, disse ter ficado decepcionada porque "a Bíblia pautou uma discussão rasteira, que deveria ser laica". "O que queremos é a formação de professores em gênero e sexualidade porque estas questões estão nas ruas e tinham que estar nas escolas", disse.

Chiliques, birras e acessos de raiva: saiba como lidar com as birras

Chiliques e acessos de raiva são como chuva de verão, repentina e, às vezes, violenta. Num minuto você e seu filho estão jantando tranquilamente, e no seguinte ele está chorando, esperneando e gritando porque o canudo do suco não é da cor que ele queria. Crianças entre 1 e 3 anos são especialmente propensas a ter esses "ataques". Não há por que achar que você está criando um pequeno tirano, nessa idade, é pouco provável que seu filho esteja tentando ser manipulador. Provavelmente ele está tendo um "surto" por causa de uma frustração, que ele não consegue expressar bem com palavras, porque ainda é muito novinho.

Faça de tudo para não perder a calma você também Respire fundo. Claro que os ataques de birra dos pequenos não são uma coisa bonita de se ver. Além de chutar, gritar ou socar o chão, seu filho pode jogar coisas, bater ou prender a respiração até ficar roxo. Nessa hora, ele não escutará nenhuma "voz da razão". Uma tática que pode funcionar é ficar perto do seu filho durante o chilique. Sair da sala ou do quarto e deixá-lo sozinho, por mais tentador que seja, pode fazê-lo se sentir abandonado. A tempestade de emoções que tomou conta da criança pode ser assustadora para ela, e ela gostará de saber que há alguém por perto. Alguns especialistas recomendam carregar a criança no colo, se possível, e dizer-lhe que o abraço é gostoso. Mas outros dizem que é melhor ignorar o chilique até a criança se acalmar, em vez de "recompensar" o comportamento negativo. Você acabará descobrindo o que é melhor para seu filho por meio de tentativa e erro. Mas, por mais que o chilique dure, não ceda a demandas pouco razoáveis. Bem que dá vontade de fazer isso, para acabar logo com o escândalo, ainda mais quando se está em público.

Tente não se preocupar com o que os outros pensam: todo pai e mãe já passaram por isso. Se você ceder, só vai ensinar ao seu filho que espernear é um bom jeito de conseguir o que quer. Além disso, seu filho já está assustado por estar fora de controle, e a última coisa que ele precisa é sentir que você também está sem controle. Se a birra aumentar a ponto de ele bater nas pessoas ou nos animais de estimação, jogar coisas ou gritar sem parar, leve-o até um lugar seguro, como o quarto. Explique por que ele está lá ("Você bateu na tia Maria") e deixe-o saber que você ficará com ele até ele parar. Em um lugar público, prepare-se para ir embora com seu filho até ele se acalmar. Se ele começar a espernear porque o espaguete veio com pedaços de tomate, por exemplo, leve-o para fora do restaurante até ele se acalmar. Quando a tempestade passar, converse com seu filho sobre o que aconteceu. Diga que você entendeu a frustração dele, e ajude-o a colocar os sentimentos em palavras, dizendo algo como: "Você estava muito bravo porque sua comida não era como você queria". Deixe-o perceber que, se ele usar palavras para se expressar, vai conseguir resultados melhores. Diga, por exemplo, com um sorriso: "Desculpe por não ter entendido. Agora que você não está mais gritando, consigo saber o que você quer". Evite situações que favoreçam os ataques de birra.

Tente evitar situações que possam levar seu filho a ter um chilique. Por exemplo, se ele é do tipo que fica muito mal-humorado quando está com fome, carregue pequenos lanches. Se ele tem problemas na transição de uma atividade para outra, avise-o com antecedência. Alerte-o de que vocês estão prestes a jantar ("Nós vamos comer quando você e papai terminarem de ler essa história"), o que lhe dará chance de se preparar. Nessa fase, seu filho também está às voltas com a independência, então lhe dê a chance de fazer escolhas sempre que possível. Ninguém gosta de receber ordens a todo instante. Perguntar se ela quer cenoura ou milho, em vez de simplesmente mandá-la comer milho, dá à criança uma sensação de controle da situação. Fique de olho na frequência dos seus "nãos" para ela. Se isso virou rotina, você provavelmente está criando um estresse desnecessário para vocês dois. Tente relaxar um pouco. Pense bem antes de entrar num impasse. Será que realmente vai atrapalhar muito ficar mais cinco minutos no parquinho? E será que alguém realmente se importa se seu filho quiser usar meias de cores diferentes?

Motorista pode escolher algarismos e letras da placa de seu carro

Quem compra um carro novo em São Paulo pode escolher os números e letras da placa de seu carro, segundo uma determinação do Detran-SP (Departamento de Trânsito do Estado de São Paulo). A medida e só se aplica a carros 0km e as sequências que poderão ser escolhidas devem estar entre BGA 0001, a menor da série, e GKI 9999, a maior. Além da taxa de emplacamento do carro – que é de R$ 98 para motos e R$ 118 para carros – quem quiser fazer essa escolha vai pagar um adicional de R$ 91,18. Já quem não quiser escolher terá o carro emplacado da mesma maneira que ocorria antes, quando eram disponibilizadas 20 combinações aleatórias, e uma delas é escolhida para a placa.

Ministério confirma 1.271 casos de microcefalia no Brasil; Bahia é o 2º estado com mais casos

Até 30 abril deste ano, o Ministério da Saúde (MS) confirmou 1.271 casos de microcefalia em todo o país, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela pasta. O levantamento revela que os casos confirmados ocorreram em 470 municípios, localizados em 25 unidades da federação. Os estados com maior número de casos confirmados são Pernambuco (339), Bahia (232), Paraíba e Maranhão (ambos com 115). No mesmo período, foram registrados 267 óbitos suspeitos da doença ou alterações do sistema nervoso central após o parto ou durante a gestação (abortamento ou natimorto). Destes, 57 foram confirmados, 178 continuam em investigação e 32 foram descartados. Já os 2.492 casos foram descartados por apresentarem exames normais, ou causas não infeciosas. O boletim também revela que 7.343 casos suspeitos foram notificados desde outubro de 2015, sendo que 2.492 foram descartados e outros 3.580 estão em fase de investigação. O documento reúne informações encaminhadas pelas secretarias estaduais de saúde pelo país.

Frases, Poemas e Provérbios

Jovem baiano cria aplicativo para chamar mototáxi

Um estudante baiano desenvolveu um aplicativo que promete facilitar bastante a vida de quem utiliza o serviço dos mototaxistas. Criado em julho de 2015, o 'Motaxis' é de autoria do jovem Matheus Carvalho. Segundo ele, o app "tem a proposta de facilitar a conectividade de passageiros com mototaxistas em cidades de médio/grande porte do Brasil". Funcionando a quase um ano, o aplicativo já acumula mais de 13 mil downloads.No entanto, as atividades do app estão concentradas na região Nordeste. As primeiras cidades a receber o 'Motaxis' foram: Caruaru (PE), Paulo Afonso (BA) e Campina Grande (PB). No total, elas registraram uma média de 100 corridas por dia e mais de 600 mototaxistas cadastrados.

Empresas Parceiras em Destaque do Dia - (146A)

Empresas Parceiras em Destaque do Dia - (144A)

Procurar Notícias

Carregando...
©Site fundado em 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos os direitos reservados à Jacobina News*