Procurar Notícia

Prazo para eleitor regularizar título termina em maio

O prazo de regularização para os cidadãos que tiveram o título de eleitor cancelado vai até o dia 6 de maio de 2020. Após esse período, quem não estiver em dia com o documento, não poderá votar nas eleições municipais de outubro.

Além disso, sem o documento regularizado, o indivíduo fica impedido de tirar passaporte, tomar posse em cargos públicos, fazer matrícula em universidades públicas, entre outras restrições.

Para regularizar o título, o cidadão deve comparecer ao cartório eleitoral, preencher o Requerimento de Alistamento Eleitoral (RAE) e apresentar um documento oficial com foto. Será cobrada uma multa de R$ 3,51 por turno que o eleitor deixou de comparecer.

O eleitor pode verificar a situação do seu título através do site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O primeiro turno das eleições de 2020 será realizado no dia 4 de outubro.(Metro1)

Falha na correção do Enem pode ter prejudicado até 30 mil candidatos

Cerca de 30 mil candidatos podem ter sido afetados pela falha na contabilização dos pontos da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), conforme estimativa do presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, feita ao jornal O Globo. O número equivale a pouco menos de 1% dos quase 3,9 milhões de candidatos inscritos.

“Dentro desse trabalho de rodar e pela experiência que a gente está tendo, a gente estima que chegue a menos de 1%, menos de 30 mil. A gente acha que não vai chegar nem a 9 mil pessoas”, afirmou Lopes, ao jornal carioca. “Esse é o público alvo que a gente acha que pode ter tido inconsistências”, acrescentou ele.

O Inep prometeu corrigir as informações até segunda-feira (20). Pelas redes sociais, candidatos protestaram contra o erro nas notas da prova. O resultado das avaliações foi divulgado na véspera.

Um dos motivos da apreensão é o início das inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em universidades públicas com as notas do Enem, na próxima terça-feira (21).

O problema, de acordo com Lopes, foi verificado no segundo dia do teste, realizado no dia 10 de novembro. Candidatos fazem provas diferentes, que são identificadas por cores. Na hora da correção, houve pessoas que realizaram prova de uma cor e tiveram a correção com base em outra, afirmou. Segundo ele, o mesmo problema ocorreu em anos anteriores.

“Não há nenhum prejuízo concreto”, disse Lopes. Dos 5.095.388 inscritos no Enem ano passado, 3.709.809 fizeram a prova no segundo dia de aplicação. Anteriormente, ele havia citado um número inferior a 1% de candidatos com o problema. Até o momento, foram confirmados quatro candidatos em Viçosa (MG) com as notas trocadas, afirmou o dirigente. 

As falhas na contabilização dos pontos de candidatos do Enem começaram a ser reportadas nas redes sociais na noite de sexta-feira. Grupos de estudantes de Minas Gerais relataram que obtiveram pontuações extremamente baixas apesar de terem acertado um número elevado de questões.

Pelo Twitter, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse que o MEC havia detectado “inconsistências” no gabarito de algumas provas e que até segunda-feira (20) o problema seria resolvido.Leia mais
(Correio)

Toffoli determina teto salarial único para universidades estaduais e federais

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, decidiu hoje (18) que o pagamento de salários de professores e pesquisadores de universidades estaduais deve seguir o teto remuneratório do serviço federal. .

Ao analisar o caso, Toffoli entendeu que deve ser observado o princípio constitucional da igualdade para pagamento dos salários dos professores de universidades do país.

“Ante o quadro revelado, defiro a medida cautelar pleiteada para dar interpretação conforme ao Inciso XI do art. 37, da Constituição Federal, no tópico em que a norma estabelece subteto, para suspender qualquer interpretação e aplicação do subteto aos professores e pesquisadores das universidades estaduais, prevalecendo, assim, como teto único das universidades no país, os subsídios dos ministros do Supremo Tribunal Federal”, decidiu Toffoli.

A decisão do ministro foi tomada liminarmente e será discutida novamente pelo plenário no julgamento de mérito, que ainda não tem data para ocorrer.(Metro1)

Como voltar a treinar depois das férias?

Não precisa ter vergonha: não foi só você que negligenciou as idas à academia neste fim/começo de ano. Mas se agora você decidiu que é hora de retornar às sessões de suor, preste atenção nos cuidados que vai precisar adotar. Afinal, seu corpo ficou 3, 4 e até 5 semanas sem ver uma esteira ou halter, não é mesmo? Quem nos ajuda com as principais dúvidas sobre voltar a treinar com segurança é o personal trainer Giulliano Esperança, diretor executivo do Instituto do Bem-Estar, em Rio Claro/SP, e diretor técnico da Sociedade Brasileira de Personal Trainer. 
Fiquei sem treinar durante o mês de dezembro inteiro (e o começo de janeiro também!). Quais as dicas para voltar a treinar com segurança? 

“A primeira coisa a ter em mente é que você ainda tem 12 meses pela frente para construir os resultados. Então, é muito importante respeitar a periodização, iniciando os exercícios com intensidades leve e moderada e prezando sempre a adaptação necessária para preservar e melhorar o sistema imunológico”, afirma o especialista. 

Então nada de ir com muita sede ao pote, viu? Exercícios fortes e muito intensos sem o condicionamento adequado agridem nosso organismo, gerando efeitos que podem durar de 3 a 72 horas após o treino. Por isso, se um resfriado aparecer logo nos primeiros dias depois de retornar à academia, é um sinal de que você exagerou. E que seu sistema imunológico foi afetado. 

Giulliano Esperança recomenda que você diminua o ritmo por 2 a 3 semanas. Dessa forma, você só não evita doenças como também permite que seu corpo (músculos e articulações) se adapte à nova rotina. “Isso vai fazer a diferença tanto no aspecto físico quanto no motivacional, pois uma boa base fisiológica ajuda a superar os obstáculos mentais com mais facilidade”, explica. 
O que é melhor: investir em exercícios de cardio ou musculação? 

O personal é categórico: é preciso fazer os dois. “Precisamos das duas capacidades físicas (força e resistência cardiovascular). Uma impacta na outra. E um exercício não anula o efeito do outro. Em contrapartida, a falta de um pode sim prejudicar o benefício do outro.”
Quais os benefícios de cada um? 

Como o próprio nome diz, os treinos de cardio estão diretamente relacionados com o aprimoramento do sistema cardiovascular e envolvem a participação de grandes grupos musculares. Além de ter efeitos circulatórios e diminuir o risco de aparecimento de doenças crônicas como a hipertensão, AVC, osteoporose, diabetes tipo 2, obesidade, câncer, ansiedade e depressão

Já a musculação recruta músculos mais específicos, melhorando a força nos mesmos. Isso traz benefícios ao sistema endócrino, estimulando hormônios importantes para a saúde e manutenção de peso como o GH (hormônio do crescimento), insulina e testosterona. 
Mas qual fazer primeiro? 

“Não importa, simplesmente faça. É preciso apenas seguir sistematicamente um treino por pelo menos 4 semanas. Depois disso, uma avaliação física vai ser capaz de dizer qual estratégia é melhor para você — seja fazendo o cardio ou a musculação primeiro. O essencial é ser regular e consistente”, explica Giulliano Esperança. 
Qual o melhor treino aeróbico para quem passou um tempo sem malhar?

Qualquer um, desde seja respeitado o período de 2 a 3 semanas de treinos leves! A bike, por exemplo, tem um impacto menor que a corrida. Mas é preciso estar atenta à intensidade. “Já vi pessoas lesionarem o quadril por esforço na bicicleta”, alerta o personal. 
Para quem engordou uns quilinhos nas festas de fim de ano: dá para perdê-los ao voltar a treinar? 

Desde que você alinhe seus hábitos alimentares também, tudo é possível! “Não existe exercício capaz de vencer a má alimentação. Já vi triatleta engordar 4 quilos em apenas 2 semanas, pedalando, correndo e nadando diariamente. O treino depende de um organismo bem nutrido para promover resultados.” (Boa Forma)

Huck deixa Globo até 2021 para ser candidato, diz a Veja; Faro e Leifert são cotados para horário

Apresentador do “Caldeirão”, Luciano Huck poderá deixar a Globo até 2021 para se dedicar exclusivamente a sua candidatura à presidência da República. Segundo informações do colunista João Batista Jr, da revista Veja, os nomes de Rodrigo Faro e Tiago Leifert estão sendo cotados para ocupar o horário que ficará vago aos sábados. 

Contratado pela “Record”, principal concorrente da Globo, Rodrigo Faro nega que está sendo sondado para retornar a platinada, onde integrou diversas novelas. No canal dos bispos, ele apresenta o dominical “Hora do Faro” e tem contrato firmado até 2023. Rodrigo também já declarou que dificilmente vai sair dos domingos.

Já Leifert, apresenta atualmente o “The Voice Brasil” e o “BBB”, na emissora dos Marinho e possui passagem em diversas atrações da casa como o “Globo Esporte”, “Zero1” e “É de Casa”.

Estresse na gravidez pode afetar cérebro do bebê, indica estudo

Saber que o filho tem uma doença congênita aumenta tanto o estresse da mulher que isso acaba impactando no crescimento de regiões importantes do cérebro dele. É o que mostra um novo estudo feito nos Estados Unidos, publicado no periódico JAMA Pediatrics. 

O trabalho analisou 48 gestantes cujos bebês eram portadores de cardiopatia congênita, um conjunto de doenças que afeta o coração, e 92 futuras mães sem complicações na gravidez. Elas foram submetidas a testes que avaliavam os índices de estresse, ansiedade e depressão. 



Ambos os grupos tinham níveis elevados de estresse, mas ele era bem maior entre as mães que precisavam lidar com um diagnóstico difícil, atingindo 65% delas. No outro time, foram 27%. Os achados em ansiedade (44 e 26%) e depressão (29 e 6%) trouxeram uma diferença similar. 

O cérebro dos filhos foi avaliado por ressonância magnética entre a 21ª e a 40ª semana de gravidez. E os cientistas notaram que ansiedade e estresse no segundo trimestre estavam associados a alterações de crescimento no hipocampo e no cerebelo, áreas responsáveis pela memória, aprendizado, coordenação motora e desenvolvimento social/comportamental. 
Atenção à saúde mental da mulher 

É inevitável que uma família fique estressada depois de receber uma notícia negativa sobre a saúde do filho, especialmente em uma época já turbulenta como é a gestação. O que deve mudar é a forma de lidar com isso. 

“Nenhuma dessas mulheres tinha sido testada para depressão ou ansiedade ou recebeu algum tipo de tratamento para melhorar a saúde mental” comentou à imprensa a pesquisadora Catherine Limperopoulos, diretora do Children’s National Hospital, autora do estudo. 

“É fundamental que esse rastreamento seja rotineiro no pré-natal, assim como o acesso a medidas que diminuam o nível de estresse da gestante”, completou. Pensando nisso, o time agora vai investigar quais seriam as melhores intervenções nesse cenário. 
Estresse é ruim para mãe e bebê

A influência do estresse na gestação é conhecida há tempos. Baixo peso ao nascer, maior risco de parto prematuro e ameaças à saúde da mulher são efeitos já comprovados pela ciência. Para além do parto, agora se estuda, por exemplo, como ele pode afetar o crescimento do bebê e seu comportamento na infância. 

Atenção dos médicos e uma boa rede de apoio são fundamentais para amenizar suas consequências. (Bebê. Abril)

TSE orienta eleitor a regularizar título para votar em 2020

O Brasil começa a se preparar para as Eleições Municipais de 2020. Faltam apenas nove meses para mais de 146 milhões de eleitores irem às urnas para eleger os vereadores, os prefeitos e os vice-prefeitos dos 5.568 municípios brasileiros. Contudo, para votar em outubro próximo, o eleitor precisa estar com a situação regular na Justiça Eleitoral (JE).

Em maio do ano passado, a Justiça Eleitoral cancelou mais de 2,4 milhões de títulos de eleitores em situação irregular. O título é cancelado quando o eleitor deixa de votar e de justificar a ausência às urnas por três eleições consecutivas. É importante lembrar que cada turno de um pleito é considerado, para tanto, uma eleição diferente.
A regularidade do título de eleitor é uma exigência para obter diversos outros documentos. Por isso, o ideal é evitar o cancelamento do título, normalizando o quanto antes a situação no cartório eleitoral. Assim, o eleitor que tenha deixado de votar em alguma eleição ou tenha dúvidas se está em dia com suas obrigações eleitorais pode consultar a sua situação no Portal do Tribunal Superior Eleitoral na internet.

Se tiver o título cancelado, para regularizar essa situação, o eleitor deverá comparecer a um cartório eleitoral, apresentar um documento de identificação com foto e um comprovante de residência e preencher o Requerimento de Alistamento Eleitoral (RAE). Em seguida, deverá pagar multa no valor de R$ 3,51 por turno que tenha faltado à votação.

Para votar nas Eleições de 2020, o eleitor deve normalizar sua situação até o dia 6 de maio (151 dias antes do pleito). A data também marca o prazo para emissão do título, alteração de dados cadastrais e transferência do domicílio eleitoral.

Quitação eleitoral

O TSE oferece, em sua página eletrônica, a emissão de certidão de quitação eleitoral. Para acessá-la, é preciso clicar na opção Eleitor e Eleições e, em seguida, acessar o menu Certidões > Quitação eleitoral. O sistema solicitará o preenchimento de algumas informações pessoais, como o nome completo e a data de nascimento.

Consequências para quem tiver o título cancelado

O título de eleitor também precisa estar regular para que o cidadão esteja em dia com outros documentos, tais como passaporte e carteira de identidade.

A regularidade do título é exigida para: obtenção de empréstimos em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo; inscrição em concurso público, investidura e posse em cargo ou função pública; renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e prática de qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou Imposto de Renda, entre outros. (Politica Livre

Saiba como emagrecer com alimentos que você costuma ter em casa

Azeitona
A azeitona é um grande facilitador da digestão. Em média, 100g do produto tem 140 calorias. Sendo assim, em seis unidades de azeitona, é possível ter menos da metade das calorias que o mesmo peso de amendoins. Os azeites e as azeitonas são ricos em gordura monoinsaturada, que ajudam a reduzir o colesterol ruim e aumentar o bom. Ou seja, uma ótima escolha de petisco saudável. 

Cenoura
Altamente nutritiva e rica em pró-vitamina A (caroteno), é possível encontrar cerca de 43 calorias e três gramas de fibra em 100g de cenoura. Tudo isso a transforma em um alimento que gera sensação de saciedade e faz com que controlemos as refeições seguintes. 

Limão
Fruta que costuma estar sempre presente nas geladeiras, o limão tem pouquíssimas calorias, além de um poder antioxidante, que provoca um efeito detox no organismo. Além disso, a pectina presente nele também atua na sensação de saciedade. 

Tomate 
Para alguns especialistas, as 14 calorias por 100 gramas de tomate é um número tão baixo que chegam a ser “calorias negativa”. Isso significa que durante o processo de metabolização do fruto, o organismo humano gasta mais energia digerindo essas calorias do que ganhando-as. O tomate age ainda como um antioxidante que protege contra os radicais livres, e um dos melhores meios de consumi-lo para emagrecer é em forma de sumo.(iBahia)

Baianos podem quitar IPVA 2020 com 10% de desconto até 10 de fevereiro

O prazo para aproveitar o desconto de 10% no Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2020 vai até o dia 10 de fevereiro para pagamentos feitos em cota única. O IPVA ficará, em média, 3,56% mais barato para os contribuintes baianos em 2020.

Existe ainda a opção de pagamento com 5% de desconto para quem fizer a quitação do valor integral do imposto no dia do vencimento da primeira das três cotas do parcelamento padrão do imposto, data que varia de acordo com o número final da placa do veículo.

O IPVA é a segunda fonte de arrecadação tributária do Governo do Estado. A frota tributável da Bahia é de cerca de dois milhões de veículos. O valor arrecadado é dividido meio a meio com o município onde o veículo foi emplacado.

Todas as informações podem ser consultadas por meio do site da Sefaz-BA, no Canal Inspetoria Eletrônica, IPVA, ou do call center da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), pelo 0800 071 0071.(Metro1)

Incidência de lesões graves na medula aumenta no verão, diz médico

A Sociedade Brasileira de Coluna (SBC) emitiu um alerta para o aumento na inciência de lesões graves na medula (trauma raquimedular) no período do verão. De acordo com a SBC, os acidentes causados pelo mergulho em águas rasas constituem a segunda principal causa das lesões medulares, na estação. 90% das vítimas são jovens, na faixa etária de 10 a 25 anos.

O médico André Sugawara, especialista em fisiatria, explica que, na totalidade, os casos são graves e resultam, frequentemente, em tetraplegia, condição em que os pacientes perdem os movimentos do pescoço para baixo. “E esse trauma, da lesão medular, por acidente de mergulho, pode vir ainda acompanhado por um traumatismo craniano”, ressaltou.

Sugawara afirma que as recomendações principais são: não exagerar no consumo de bebida alcoólica e jamais mergulhar de cabeça. “Não existe profundidade segura. Qualquer mergulho é passível de resultar em um traumatismo na coluna. Entre andando na água e saia andando”, aconselhou.(Metro1)

Bolsonaro sanciona fundo eleitoral de R$ 2 bilhões

O presidente Jair Bolsonaro sancionou integralmente, nesta sexta-feira (17), a LOA (Lei Orçamentária Anual) de 2020, prevendo gasto de R$ 2 bilhões para o Fundo Eleitoral, destinado ao financiamento das campanhas dos candidatos nas eleições de outubro.

O anúncio foi feito através do Twitter do ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, na noite desta sexta. Não houve vetos. 

“O PR @jairbolsonaro sancionou integralmente a LOA-2020, que estima a receita e fixa as despesas da União para o corrente ano, dentro da meta prevista na Lei de Diretrizes Orçamentárias”, publicou o ministro. A medida foi anunciada depois de cobranças de eleitores nas redes sociais, após o presidente indicar que vetaria o fundo com verba pública para financiar as campanhas eleitorais. Bolsonaro recuou da decisão e declarou que ela poderia leva-lo a um processo de impeachment.

O fundo eleitoral foi aprovado pelos congressistas para o Orçamento de 2020 no dia 17 de dezembro. Deputados mantiveram o valor da proposta orçamentária enviada pelo próprio governo, de R$ 2 bilhões.

Na CMO (Comissão Mista do Orçamento), ocorreu a tentativa de inflar o fundo em R$ 1,8 bilhão, que totalizaria R$ 3,8 bilhões. No entanto, houve um recuo diante de um eventual veto de Bolsonaro e da repercussão negativa com o aumento da verba.

Mesmo após aprovar a iniciativa, o presidente Jair Bolsonaro diz ser contrário ao fundo eleitoral e pediu aos eleitores para não votarem em 2020 em candidatos que usem o fundão. Bolsonaro afirmou ainda que o Aliança pelo Brasil, partido em processo de formação, idealizado por ele, não irá recorrer ao recurso.(Metro1)

FRASES - POEMAS E PROVÉRBIOS

"Quando morreres, só levarás aquilo que tiveres dado." 
(Provérbio árabe)

Empresas Parceiras em Destaque - 315CP

Bolsonaro confirma saída de Alvim e diz repudiar ‘ideologias totalitárias’

O presidente Jair Bolsonaro publicou uma série de tweets hoje (17) que confirma a saída de Roberto Alvim do cargo de secretário especial da Cultura. Alvim foi defenestrado da posição após citar trechos de uma fala do ministro da Propaganda de Hitler, Joseph Goebbels.

“Comunico o desligamento de Roberto Alvim da Secretaria de Cultura do Governo. Um pronunciamento infeliz, ainda que tenha se desculpado, tornou insustentável a sua permanência”, escreveu o presidente.

Bolsonaro disse ainda que repudia ideologias totalitárias e genocidas, “como o nazismo e o comunismo, bem como qualquer tipo de ilação às mesmas. Manifestamos também nosso total e irrestrito apoio à comunidade judaica, da qual somos amigos e compartilhamos muitos valores em comum”. (Metro1)

Vitória renova contrato com goleiro Caíque até 2021

O Vitória renovou contrato com o goleiro Caíque, que está emprestado ao CSA, até o final de 2021. Anteriormente, o vínculo com o arqueiro terminava em dezembro deste ano. O acerto já foi publicado no Boletim Informativo Diário (BID).

O jogador de 22 anos foi revelado na Toca do Leão. Ele entrou em campo pelo clube em 51 jogos, mas foi afastado do elenco principal no início da Série B do Campeonato Brasileiro do ano passado após sequência de falhas. (Metro1)

Conceição do Jacuípe: Homem é preso suspeito de abusar sexualmente de enteada de 9 anos

Um homem foi preso nesta sexta-feira (17), em Conceição do Jacuípe, cidade a cerca de 95 km de Salvador, suspeito de abusar sexualmente da enteada, uma criança de 9 anos.

De acordo com a Polícia Civil, foi cumprido um mandado de prisão temporária contra o suspeito, que não teve a identidade revelada.

Ainda segundo a polícia, o homem praticava os abusos na casa onde morava com a criança. “Iniciamos as investigações na semana passada, após denúncia encaminhada à delegacia acerca da violência sexual”, explicou, em nota, o delegado Filipe Madureira, titular da Delegacia de Conceição do Jacuípe.

A polícia informou que a vítima confirmou os abusos e foi submetida a exames. A criança está sendo acompanhada pelo Conselho Tutelar do município.

Dois celulares foram apreendidos com o padrasto da menina, que foi acusado do mesmo crime por outra criança, de 8 anos. A polícia não deu detalhes desse segundo caso.

A polícia informou que vai pedir à Justiça a conversão da prisão temporária do suspeito em preventiva. (G1)

Defensoria Pública do Estado suspende etapas de edital do concurso da PMBA

A Justiça da Bahia aceitou o pedido da Defensoria Pública do Estado para a correção de falhas nos editais de concurso público para provimento dos cargos para soldado da Polícia Militar da Bahia (PMBA) e para o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) e de Oficiais de Saúde da PM da Bahia.

A decisão, proferida pela desembargadora Dinalva Gomes Laranjeira Pimentel, determinou, na última quinta-feira (16), a suspensão do concurso, após a realização das provas objetivas e discursivas, que serão aplicadas nos dias 19 e 26 de janeiro, até o julgamento final do mérito.

Segundo a argumentação, os editais citados “violam os direitos dos candidatos, bem como os princípios constitucionais da dignidade da pessoa humana, razoabilidade, proporcionalidade, isonomia e igualdade de gênero, uma vez que há exigência de exames invasivos para as candidatas, o que não acontece com os concursandos homens”.

Além disso, a DPE questiona a exigência de exames ginecológicos admissionais considerados invasivos, a impossibilidade de remarcação do Teste de Aptidão Física (TAF) para gestantes, a desproporcionalidade das vagas quanto ao gênero e o momento da comprovação da idade máxima para aprovação no concurso.

A DPE já havia ajuizado uma Ação Civil Pública referente ao concurso de Oficiais da PM e do Corpo de Bombeiros Militar, direcionando à Vara da Fazenda Pública da Comarca de Salvador. Mas, por causa da urgência da demanda, foi ajuizado mandado de segurança coletivo pelos defensores públicos Fábio Pereira e Paloma Rebouças, sob acompanhamento pela Instância Superior da DPE/BA, por meio da defensora pública Clécia Souza Moura, em relação aos concursos de Soldado e Oficiais de Saúde, no qual foi concedida liminar pela desembargadora Dinalva Gomes Laranjeira Pimentel. (bahia.ba)

Três atitudes que estão estragando o seu cabelo

Julia Doorman, que está à frente do canal de Youtube de cuidados capilares ‘Rainha’, com mais de meio milhão de seguidores, é reconhecida pelas suas receitas caseiras e alternativas para manter os fios saudáveis.

“Muitas pessoas acham que estão cuidando bem do seu cabelo, mas na verdade estão inadvertidamente danificando os fios”, explica.

Eis, segundo Doorman, três atitudes comuns que enfraquecem o cabelo:

1. Aproximar demais o secador

Quando está com pressa muitas pessoas não resistem a aproximar o secador dos fios. Julia alerta que é necessário manter o aparelho a uma distância de pelo menos 10 centímetros. “O ar muito quente, ao sair do secador, seca os fios, e mesmo com a distância necessária ainda é importante usar um creme de proteção térmica”, explica.

Adicionalmente, a especialista recomenda que a secagem seja sempre realizada de cima para baixo. “Quando estiver seco, utilize um reparador de pontas para reduzir o frizz e o volume, e finalize com um jato frio do secador para deixar o cabelo com mais brilho”.

2. Não limpar o secador

Outro detalhe que pode ser determinante para a falta de saúde do cabelo é utilizar o secador sujo. “O aparelho tem que ser limpo com frequência, e a melhor forma de o fazer é seguindo as instruções do manual”, conta a youtuber, que explica que, além dos riscos de queimar, o utensílio sujo pode libertar para o ar impurezas, favorecendo a formação de fungos e o ressecamento dos fios. 

3. Ter uma alimentação pouco saudável

Outro fator decisivo para que os fios sejam saudáveis e se mantenham brilhantes e macios é a alimentação. Julia recorda que, quando era mais jovem, sofreu de queda de cabelo acentuada devido a uma anemia – que corresponde ao déficit de ferro no organismo. “É impressionante ver como os legumes, as frutas e outros alimentos ricos em vitaminas melhoram a qualidade dos fios. Quando recuperei da anemia e comecei a me alimentar melhor, lembro que foi uma questão de tempo para o meu cabelo ficar mais forte e saudável”, salienta. 

A youtuber alerta ainda que usar a prancha nos fios molhados, dormir ou prendê-los quando ainda estão úmidos, lavar com água muito quente e exagerar em químicas (como pintar e alisar) também são ações prejudiciais para o cabelo. (Notícias ao Minuto)

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*