Procurar Notícia

24ª CIPM, deflagrada Operação Intensificação e apreende veículos por infrações de trânsito.

Desde a manhã deste domingo, o Major PM Flailton Oliveira, Comandante da 24ª CIPM, deflagrou a operação que intensifica o policiamento Ostensivo Geral nas vias publicas, em estabelecimentos e apreende veículos por infração de trânsito, em toda área de jurisdição da Unidade PM. A operação resultou na apreensão de diversos veículos.Foram apreendidos dois veículos por direção perigosa, sem documentação e condutor não possuía carteira de habilitação e três veículos por falta do documento de porte obrigatório e condutor não possuía CNH.
Durante a operação foram realizadas diversas abordagens á estabelecimentos comerciais.
Ambas as situações, vem incomodando o sossego das pessoas, gerando diversas denúncias neste sentido, principalmente colocando em risco a segurança dos cidadãos Jacobinense.

Os veículos retidos, independente do tipo de infração, só serão liberados após seus proprietários regularizarem as pendências previstas no Código de Trânsito Brasileiro e Resoluções do Conselho Nacional de Trânsito, além dos protocolos internos da Unidade PM. Os veículos que não tiverem suas pendências regularizadas pelos seus proprietários serão removidos para o Pátio Rodando Legal, para que se cumpram as medidas administrativas. Após três meses, os veículos estarão sujeitos a Leilão Público.

“Parabenizo a brava tropa da 24ª CIPM empregada na Operação, onde estão cumprindo com Técnica e Presteza, as ordens emanadas pelo Comando, garantindo assim a Paz e Ordem públicas para a comunidade. Garanto a continuidade da Operação por tempo indeterminado e alerto que medidas rigorosas, conforme prevê a legislação, serão adotadas para aqueles que insistirem no cometimento de tais infrações.” Disse o Major PM Flailton Oliveira, Comandante da 24ª CIPM.

"PM E COMUNIDADE NA CORRENTE DO BEM"

Jacobina, 28 de agosto de 2020.
Vitor Costa - Subtenente PM
Chefe do Setor de Comunicação Social da 24ª CIPM

Batida entre carro e caminhão deixa quatro pessoas mortas em Conceição do Jacuípe


Uma batida frontal entre um carro de passeio e um caminhão deixou quatro pessoas mortas, na madrugada desta segunda-feira (28), na BR-101, trecho da cidade de Conceição do Jacuípe, cidade a cerca de 100 km de Salvador.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu por volta de 1h30 da madrugada, na altura do Km-167. Todas as vítimas estavam no carro de passeio, entretanto não há informações sobre a identidade delas.

Ainda segundo a PRF, informações colhidas no local apontam que o carro de passeio tentou fazer uma ultrapassagem considerada irregular e foi atingido pelo caminhão. O motorista do caminhão não sofreu ferimentos.

Os corpos foram removidos do local e encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Santo Amaro, cidade que fica a cerca de 35 quilômetros de Conceição do Jacuípe. (G1)

Luísa Sonza é acusada de trair Vitão com MC Zaac

A cantora Luísa Sonza vive um verdadeiro inferno astral desde o dia em que assumiu o relacionamento com o cantor Vitão. Acusada de trair o ex-marido Whindersson Nunes com seu atual namorado, a loira tem mais uma acusação nas costas, a de trair Vitão com o MC Zaac.

Os boatos foram plantados pelo colunista Erlan Bastos, que afirmou que Zaac e Sonza se envolveram dias antes da apresentação dos dois no MTV MIAW.

O funkeiro usou as redes sociais para se defender e afirmou só ter tomado conhecimento da história naquele momento.

“Acabei de chegar do estúdio e vim aqui para falar com vocês sobre essa notícia que está rolando e eu nem sabia. Fui pegar meu celular quando vi essa notícia sem pé nem cabeça. A única coisa que tenho com a Luísa é a música ‘Toma’, que pra mim ela é um artista incrível, já falei isso pra ela e pra todo mundo milhares de vezes. Ela é muito talentosa de verdade”, disse.

A cantora, que foi defendida por Luan Santana dos ataques causados pelo namoro com Vitão, não se pronunciou sobre o assunto. (bahia.ba)

Bahia volta a ficar na lanterna da Série A após seis anos

vitória do Athlético-PR no sábado (27) e o empate em 2 a 2 entre Ceará e Goiás no domingo (28) empurraram o Bahia para a última posição da Série A do Campeonato Brasileiro. Com nove pontos conquistados em 11 jogos, o tricolor ainda tem duas partidas a menos que o esmeraldino, que ocupa a 19ª posição. O duelo de sábado marcou uma sequência de nove jogos sem vencer, sendo quatro derrotas seguidas, três delas sob o comando de Mano Menezes.

Desde 2014 o Bahia não ocupa a lanterna da primeira divisão. Na época, o time baiano acabou rebaixado para a Série B. Para tentar reverter a crise, o tricolor enfrenta o Botafogo na quarta-feira (30), no Rio de Janeiro, em partida adiada da primeira rodada.

Caso vença, o tricolor pode até deixar o Z-4 se ocorrer uma combinação de resultados. Uma derrota pode complicar a vida da equipe na competição, contabilizando a décima partida seguida do time sem vitórias. (Metro1)

Vitória empresta lateral Gabriel Gomes para o Conquista

O lateral-esquerdo Gabriel Gomes, de 20 anos, do Vitória, foi emprestado para o Vitória da Conquista, onde irá disputar a Série D do Campeonato Brasileiro.

Gabriel integrou o elenco de Aspirantes, que disputou o Campeonato Baiano. Ele iria retornar ao time sub-20, quando recebeu a proposta do Vitória da Conquista.

O atleta aguarda seu nome ser publicado no Boletim Informativo Diário (BID) para poder ficar à disposição do técnico Joaquín Monasterio.

O Vitória da Conquista é o líder do Grupo 4 da Série D com seis pontos conquistados em dois jogos disputados. O próximo jogo do Bode é contra o ABC, quinta-feira (1º), 20h, no Estádio Lomanto Júnior. (BN)

Problemas na saúde de motoristas são causas de milhares de acidentes

Mais de 283,5 mil acidentes de trânsito registrados em rodovias brasileiras, nos últimos cinco anos, tiveram como causa principal ou secundária questões relacionadas à condição de saúde dos motoristas, no momento da ocorrência. Este volume de colisões, capotamentos e outros desastres deixou 247.475 feridos e 14.551 mortos.

A informação faz parte de levantamento realizado pela Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), com base no levantamento de dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF) entre janeiro de 2014 e julho de 2020.

Segundo a Abramet, médicos do tráfego reuniram os acidentes em grandes grupos, sendo que as categorias mais recorrentes incluem falta de atenção à condução, ingestão de álcool, sonolência do condutor, mal súbito, restrição de visibilidade e ingestão de substâncias psicoativas.

As informações reúnem informações apenas acidentes nas estradas e rodovias sob supervisão da PRF. Não foram contabilizados, portanto, transtornos em colisões que aconteceram em pistas, ruas e avenidas dos centros urbanos. Para a Abramet, este cenário poderia ser até pior, “pois um número importante de colisões não entra nas estatísticas”.

Segundo a associação, a falta de atenção ao volante pode ser consequência de situações clínicas como fadiga, stress, cansaço, déficit de atenção ou comprometimento do raciocínio e responde por 215.401 dos acidentes catalogados, ou seja, 76% do total registrado no período e que podem estar relacionados à saúde do motorista. Apenas essa categoria responde por 182.288 (74%) feridos e 9.047 (62%) mortes.

Na sequência, vem a ingestão de bebida alcoólica. Entre 2014 e julho de 2020, foram registrados pela PRF 40.268 acidentes nas rodovias onde esse fator foi considerado uma das causas. Do volume de colisões, foram contabilizadas 36.999 vítimas com ferimentos leves ou graves e 2.679 óbitos.

A terceira condição de saúde que mais aparece no levantamento é o sono. Quando insuficiente, é causa frequente e muito importante da sonolência diurna, sendo capaz de causar acidentes graves. Este fator motivou, segundo a PRF, 22.683 acidentes registrados nas rodovias, causando 2.092 mortes e deixando 22.645 feridos, entre 2014 e julho deste ano.

O chamado mal súbito – perda de consciência devida mais frequentemente a doenças cardiológicas (infarto, arritmias) e neurológicas (AVC, convulsões) – foi responsável por 2.702 acidentes; a visão reduzida, com 2.205 ocorrências; e o efeito de entorpecentes sobre o condutor, com 292 casos. Juntos, eles respondem por 773 mortes no trânsito e o encaminhamento de 5.543 vítimas de colisões para atendimento médico. (Agência Brasil)

Mais de 42 mil candidatos mudaram declaração de cor para eleição deste ano

Mais de 42 mil candidatos que disputarão as eleições em todo Brasil mudaram a declaração de cor e raça no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Segundo dados disponibilizados pela Justiça Eleitoral, neste domingo (27), 51% dos candidatos (263 mil) se consideram pretos e pardos e 48% (248 mil) se autodeclararam brancos.

Ainda de acordo com o levantamento, 36% alterou a cor de branca para parda e 30% que se declaravam pardos, agora se dizem brancos.

Segundo levantamento divulgado pelo jornal Folha de São Paulo, Salvador é a cidade em que mais candidatos mudaram a cor de pardo para preto, representando 12%. (BNews)

Rodoviárias voltam a funcionar nesta segunda após liberação de transporte intermunicipal em toda a Bahia

As rodoviárias que fazem o transporte intermunicipal na Bahia retomaram o serviço nesta segunda-feira (28). Na última sexta-feira (25), o governador Rui Costa autorizou o funcionamento das atividades em todos os municípios.

O transporte intermunicipal foi suspenso no estado em março, como medida de prevenção ao coronavírus. Desde então, as cidades vinham recebendo liberação para funcionamento dia-a-dia, em decretos no Diário Oficial.

As liberações eram feitas após cada município passar 14 dias sem registro da doença, e suspensas quando alguma cidade registrava um novo caso.

As cidades das regiões sul e extremo sul foram as últimas a terem o transporte intermunicipal liberados.

Algumas cidades da região sudoeste, como Vitória da Conquista, também tiveram a liberação com a nova determinação do governo estadual.

A autorização para retorno do transporte coletivo intermunicipal foi concedida por causa da redução dos casos de contaminação pela doença e desocupação dos leitos nas regiões. Veja aqui a lista completa de cidades.

No domingo (27), a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) registrou 850 novos casos de Covid-19 em 24 horas.

Nesta segunda-feira, com base em informações atualizadas em tempo real pela Central Integrada de Comando e Controle da Saúde, a Bahia registra 7.001casos ativos da doença.

Até a publicação desta matéria, a taxa de ocupação de leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) no estado era de 49%. (G1)

Governo fará 'Dia D' da Covid-19 com Kit que inclui hidroxicloroquina e ivermectina

O Ministério da Saúde planeja realizar um dia "Dia D" contra a Covid-19 em 3 de outubro. A mobilização vai orientar a população a procurar ajuda médica ao sentir os primeiros sintomas da Covid-19, e também a pedir um tratamento precoce, que inclui os medicamentos do chamado "Kit Covid", com hidroxicloroquina, cloroquina, azitromicina, ivermectina e zinco. Os medicamtnso não tem eficácia comprovada cientificamente por entidades de saúde. A informação foi divulgada pela CNN, nesta sexta-feira (25).

O país concentra mais 4,6 milhões de infectados desde o início da pandemia e 139 mil mortos.

O slogan da camapnha será "Tratamento precoce é vida". De acordo com a CNN, entre os eventos previstos está um pronunciamento e live do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em rede nacional, e-mail para todos os hospitais do SUS, campanha nas redes sociais e orientações pelo 136, o Disque Saúde.

Inflamação crônica e resposta lenta levam obesos a maior risco e morte por Covid-19

Um estudo avaliou como o sobrepeso e a obesidade são fatores de maior risco para gravidade e morte por Covid-19, levando à internação hospitalar e até morte, independentemente da idade, sexo e comorbidades.


Os dados foram publicados por pesquisadores da Faculdade de Odontologia de Bauru (USP Bauru) e da Faculdade de Medicina da Unesp de Botucatu na revista especializada Obesity Research and Clinical Practice no início do mês de setembro.

Dados do Vigitel (Sistema de Vigilância de Fatores de Risco para doenças crônicas não transmissíveis), do Ministério da Saúde, de 2019 apontam que 20,3% da população brasileira adulta é obesa (índice de massa corpórea ou IMC igual ou acima de 30). Já a porcentagem da população adulta com excesso de peso (IMC igual ou maior de 25, incluindo casos de obesidade) é de 55,4%.

Os fatores da obesidade que estão associados a esse risco são uma inflamação crônica baixa do organismo, a baixa produção de interferons --proteínas que impedem a replicação viral--, atividade reduzida de células de defesa, como macrófagos --responsáveis por eliminar as células infectadas--, células B --responsáveis pela produção de anticorpos neutralizantes-- e linfócitos T --resposta imune celular.

Também são fatores a maior carga viral do Sars-CoV-2 nestes indivíduos --o vírus parece se aproveitar do acúmulo de tecido adiposo como reservatório-- e ainda a associação frequente de diabetes do tipo 2 com obesidade, causando um déficit ainda maior no sistema imunológico.

Utilizando um método combinado de revisão sistemática com meta-análise --análise dos dados de diversas pesquisas já publicadas, sem fazer novos estudos empíricos--, os pesquisadores analisaram nove artigos científicos publicados até o dia 27 de abril, sendo a última busca realizada no dia 3 de maio.

O estudo, coordenado pela pesquisadora Sílvia Sales-Peres, da USP Bauru, avaliou um total de 6.577 pacientes internados com Covid-19 em estado grave em cinco países: China, França, Espanha, Itália e Estados Unidos.

Cerca de 56,2% dos indivíduos que apresentaram complicações graves pesquisados eram obesos.

Na amostragem, a maior parte dos pacientes era homem (59,8%), e as comorbidades mais frequentes eram hipertensão (51,5%), diabetes (30,3%) e doenças do coração (16,7%).

O risco provável para pacientes obesos e não-obesos contrair Covid-19 independentemente de severidade não foi estatisticamente significativo, mas isso pode estar relacionado à quantidade de pacientes obesos (107) versus não obesos (356) incluídos na pesquisa.

Porém, quando avaliadas a progressão da doença e a mortalidade, essas foram positivamente associadas à obesidade. A taxa de mortalidade global encontrada pelos pesquisadores para pacientes obesos foi de 9%.

Segundo Sales-Peres, houve uma subnotificação nos primeiros trabalhos sobre Covid-19 dos pacientes com obesidade.

"Os primeiros estudos avaliaram severidade em pacientes com hipertensão, diabetes, doenças cardiovasculares. Mas eles não avaliaram que esse paciente hipertenso era obeso, que esse [paciente] diabético era obeso. Cerca de 33% dos obesos têm diabetes do tipo 2 e 60% dos indivíduos com sobrepeso ou obesidade têm hipertensão."

Os indivíduos obesos apresentam maior risco para desenvolvimento do quadro agravado da doença não só por ter uma comorbidade, mas por ter um tipo de inflamação crônica de baixo grau no organismo que agrava o sistema imune.

Essa inflamação é como uma deficiência no sistema imunológico, que pode ser observada na baixa presença de células B, de linfócitos T e de macrófagos, que atuam como defensoras naturais no combate ao vírus. Esses pacientes também apresentam quantidade elevada de citocinas, que aumentam o processo inflamatório.

A associação com o diabetes tipo 2 piora ainda mais essa condição, uma vez que a glicose elevada no sangue afeta os macrófagos. O acúmulo de tecido adiposo pressiona ainda o diafragma, comprometendo o sistema respiratório.

Por terem uma rede de células adiposas, a quantidade de vírus que pode invadir e se replicar nessas células é maior, fato comprovado ao se observar que a carga viral expelida por um paciente obeso é maior do que aquela expelida por um paciente sem o excesso de peso.

Sales-Peres ressalta que o uso de corticoides e de terapias para diminuir a resposta inflamatória exacerbada do organismo --a chamada tempestade de citocinas-- pode ser comprometido em pacientes obesos ou com sobrepeso devido à essa resposta imune inata defasada.

"O paciente com sobrepeso ou obeso não possui esses fatores que complementam a terapia medicamentosa. Se o organismo não responde, muitas vezes a medicação não funciona."

A pesquisadora reforça a importância de uma campanha nacional de saúde pública para orientar a população com sobrepeso e obesidade de reforçar os cuidados e melhorar a alimentação e qualidade de vida.

"Recomendamos a prática de atividades ao ar livre. mesmo que caminhadas, e um enfoque maior na alimentação saudável. É importante também esse paciente saber que, caso seja infectado, seu quadro pode progredir muito rapidamente. Por isso, ao menor sinal de infecção é preciso buscar atendimento médico", diz.

Empréstimo via aplicativo “Caixa Tem” vai liberar de R$ 100 a R$ 300

A Caixa Econômica Federal prevê ampliar o seu aplicativo “Caixa Tem” para liberar novas funcionalidades no programa. Agora, o app deve contar com opções de microcrédito, seguros e cartões.

Atualmente, o aplicativo é utilizado para pagamentos do auxílio emergencial, do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do Benefício Emergencial de Manutenção do Emprego e Renda (BEM).

Segundo informações da Caixa, aproximadamente 90 milhões de poupanças sociais digitais foram abertas gratuitamente em 2020. O aplicativo foi liberado para os cidadãos cadastrados em benefícios sociais do governo durante pandemia do novo coronavírus.

Após pandemia, a Caixa deve manter essas contas abertas gratuitamente, conforme informou o presidente do banco, Pedro Guimarães.

“Todos os produtos serão mantidos. Todos os produtos gratuitos continuarão gratuitos. E faremos mais,” disse ele.

Segundo o presidente, o “aplicativo do Caixa Tem é o banco digital para a menor renda, que é 80% da base de clientes da Caixa”. Por esse motivo, a Caixa deve continuar oferecendo o pagamento digital de benefícios sociais, inclusive do Bolsa Família, que atualmente é pago apenas presencialmente.
oferta de microcrédito.
seguros.
cartões.

O presidente da Caixa revelou que a entrada do microcrédito na plataforma do Caixa Tem está em fase de finalização. Segundo Guimarães, a ferramenta vai liberar empréstimo de “R$ 100, R$ 200, R$ 300 de forma rápida, simples e digital” para os brasileiros de baixa renda e para os trabalhadores informais que recebem o auxílio emergencial.

Os detalhes sobre a oferta de seguros e cartões não foram revelados. O Caixa Tem, até então, disponibiliza um cartão de débito digital que pode ser usado tanto em compras online como para compras presenciais. Durante a pandemia, 67,5 milhões desses cartões de débito virtuais foram emitidos pelo Caixa Tem. (Notícias Concurso)

Decreto que proíbe aulas e eventos na Bahia é prorrogado até 12 de outubro

O decreto estadual que determina a proibição das aulas nas unidades de ensino das redes pública e privada e eventos com mais de 100 pessoas foi prorrogado pelo governo do estado até o dia 12 de outubro. A medida venceria neste domingo, 27.

A prorrogação será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado, 26. O decreto proíbe as atividades que envolvem aglomeração de pessoas, como shows, feiras, apresentações circenses, eventos científicos, passeatas, bem como abertura e funcionamento de zoológicos, museus, teatros, dentre outros.

Caso Brumado

O município de Brumado, no sudoeste baiano, chegou a retornar com as aulas para os alunos da rede municipal na última segunda-feira, 21. Entretanto, no mesmo dia 21, o Tribunal de Justiça da Bahia aceitou pedido do Ministério Público e suspendeu as aulas por tempo indeterminado.
(A Tarde)

Culinária do dia – Churros fácil

Ingredientes
2 xícaras de água
2 colheres de manteiga ou margarina
2 xícaras de farinha de trigo
1 pitada de sal
canela a gosto

Modo de Preparo

Coloque em uma panela a água, a manteiga e o sal
Quando começar a ferver, desligue o fogo e com isso adicione a farinha de trigo (com o fogão desligado)
Mexa até formar uma bola
O ponto certo da massa e quando ela desgruda da panela e da colher
Deixe esfriar ou coloque na geladeira
Quando já estiver frio ,comece a fazer as cobrinhas e faça um furo nele para o recheio
Coloque eles pra fritar numa panela de no mínino 20 cm
Fogo médio, não precisa deixar o óleo esquentar
Pode adicinar eles no óleo frio mesmo e com o tempo vai esquentando
E por final, enrole na canela e no açúcar e coloque o recheio dentro
Bom apetite.
Tempo de preparo

1 MIN

Brasileiro consome mais açúcar do que deveria, diz pesquisa

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o consumo diário de até seis colheres de chá de açúcar (ou 25 gramas), mas pelo menos 37% dos brasileiros ultrapassa essa quantidade todos os dias. É o que revela uma pesquisa encomendada pelo WW Vigilantes do Peso, em parceria com a Opinion Box, sobre a relação das pessoas com o ingrediente no país, feita com mais de mil entrevistados entre 18 e 50 anos de todas as regiões do Brasil. O levantamento mostra ainda que a falta de conhecimento sobre a presença do açúcar nos alimentos influencia no excesso do consumo.

Apesar de 85% dos participantes afirmarem que estão cientes das diretrizes da OMS, boa parte deles demonstrou não saber claramente quais alimentos possuem açúcar na composição. Isso porque apenas 23% têm o hábito de ler as tabelas nutricionais “sempre” ou “quase sempre”. 

A falta de clareza fica ainda mais evidente quando os participantes responderam quais alimentos continham o ingrediente. Enquanto 93% reconheceram que há açúcar em bolos e tortas, o índice cai para 45% na percepção sobre macarrão e massas em geral. Os carboidratos comuns ainda tiveram uma das maiores taxas de consumo semanal dos respondentes (52%), ao lado de outros produtos com açúcar, como doces e biscoitos (53%). 

“A OMS considera não só o açúcar que conseguimos ver, como o que adoça o café ou está nas receitas de doces, mas também o que está nos alimentos natural ou artificialmente. Ou seja, o índice de 37% não contabiliza o total de pessoas que ultrapassa a recomendação diária já que, muitas vezes, não sabem quais alimentos contém a substância”, avalia o nutricionista do WW Vigilantes do Peso, Matheus Motta. 

O conhecimento está ainda mais restrito já que a indústria alimentícia brasileira não tem obrigatoriedade de reportar se o açúcar está presente ou não nos seus produtos. “O que vemos nas embalagens são termos como sacarose, maltodextrina, glucose ou xarope de milho, que são basicamente açúcar disfarçado, mas a maioria das pessoas não sabe”, acrescenta Motta.

Para ajudar o brasileiro a criar hábitos mais saudáveis e ter conhecimento sobre o que se consome, o WW Vigilantes do Peso lançou o ‘do meu jeito’, novo programa que oferece flexibilidade para quem busca uma rotina que priorize a saúde, sendo a maior inovação da empresa em oito anos. A partir de agora, o Associado conta com um novo sistema de pontos, os PontosSmart – que traduzem informações nutricionais complexas em um único número – e com o primeiro medidor de açúcar do Brasil, ferramenta que estima se há e quanto há de açúcar nos alimentos brasileiros. A funcionalidade ajuda na leitura das tabelas nutricionais dos alimentos industrializados, tornando o Associado ainda mais livre e consciente para fazer as próprias escolhas sobre o que quer consumir.

Hábitos mudaram com o isolamento social

Os hábitos alimentares mudaram consideravelmente entre os respondentes da pesquisa durante o isolamento social. Para 43%, a alimentação “piorou” ou “piorou muito” na quarentena. Além disso, a preferência dos respondentes por alimentos com alta concentração de açúcar cresceu, como doces e biscoitos (25%) e pães (32%), além das carnes (26%).

A pesquisa revelou ainda que os brasileiros aumentaram o consumo de chocolates (21%), bolos e tortas (17%) e bebidas alcoólicas (12%) durante a quarentena, associando os alimentos diretamente aos sentimentos de felicidade e conforto, enquanto o principal motivo para consumir mais os alimentos como macarrão, produtos industrializados, congelados e fast food é a praticidade. Apenas 14% afirmaram que não houve aumento no consumo desses e de outros alimentos durante o período.

Consequências a curto e longo prazo

O consumo excessivo de açúcar colabora com o desenvolvimento de diferentes doenças no corpo, que podem se manifestar a curto ou a longo prazo. Entre os respondentes da pesquisa, 91% entendem que consumir muito açúcar pode potencializar o surgimento de diabetes; 80% veem a obesidade como um dos principais problemas e 71%, a cárie nos dentes.

“A ingestão desregrada de açúcar também pode resultar em doenças cardíacas, colesterol alto, baixa disposição, acne e dificuldade de foco. Por isso, batemos na tecla de que é importante ter consciência sobre o que o brasileiro está consumindo, além da adoção de hábitos saudáveis para uma vida toda”, finaliza o nutricionista do WW Vigilantes do Peso. (Notícias ao Minuto)

Caso Cátia Raulino: delegado diz que diplomas apresentados por suposta jurista são falsos

A suposta jurista Cátia Raulino foi ouvida mais uma vez pelo chefe da 9ª Delegacia Territorial, que fica na Boca do Rio, o delegado Antônio Carlos Santos, dentro do inquérito que investiga crimes cometidos por ela em Salvador. Ela é investigada pela prática de exercício ilegal da advocacia e por ter atuado como professora de Direito em universidades sem a titularidade necessária.

Em entrevista à Rede Bahia, o delegado afirmou que ela foi ouvida na manhã de hoje (24), decidiu ficar em silêncio e contou que só irá responder às acusações na Justiça. Ele confirmou que a Universidade Federal do Maranhão não encontrou vínculos com Cátia Raulino, que se apresentava como bacharel de direito com diploma da instituição. A situação se repetiu em outras titularidades investigadas pela polícia. 

“A partir do momento que ela não é bacharel em direito, praticamente todas as outras acusações que existem contra ela, e ela não pode refutar, passam a ter caráter de veracidade. Sendo assim ela vai responder por outros crimes. Estamos estudando o crime de falsidade ideológica, crime de estelionato, falsidade de documento público e particular. Estamos estudando também o plágio de outros alunos que foram ouvidos aqui nesta delegacia. É claro que a gente necessita de alguns documentos para poder ter uma comprovação mais eficiente para que a gente possa encaminhar ao MP-BA”, afirmou ACM Santos. 


“Na investigação eu consegui um documento que ela utilizou para se candidatar ao emprego em uma universidade, o que me leva a crer que esse documento que foi entregue por ela, segundo essa universidade de Salvador, é um documento falsificado”, declarou o delegado.

Ainda de acordo com o chefe da 9ª DT, será necessária mais uma semana para concluir a investigação contra a suposta jurista. (Metro1)

Governo Bolsonaro tem aprovação de 40% e reprovação de 29%, diz pesquisa Ibope

A pesquisa Ibope divulgada hoje (24) mostra que a aprovação (ótimo/bom) do governo Jair Bolsonaro subiu para 40%. Este é o maior percentual desde o início de seu mandato. Em dezembro de 2019, esse índice estava em 29%.

Ainda de acordo com a pesquisa, 29% dos brasileiros consideram a gestão de Bolsonaro ruim ou péssima e 29% a avaliam como regular. Os índices de confiança no presidente e aprovação à sua maneira de governar também aumentaram.

Segundo o Ibope, a popularidade do presidente cresceu mais entre os entrevistados que cursaram até 8ª série do ensino fundamental, entre os que possuem renda familiar de até um salário mínimo, entre residentes nas periferias das capitais e nas regiões Sul e Nordeste.

A pesquisa encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), foi realizada entre 17 e 20 de setembro, com 2.000 pessoas em 127 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. (Metro1)

Governo disponibiliza R$ 10 bi em empréstimos a empresas que utilizem maquininhas

O presidente Jair Bolsonaro editou nesta quarta-feira (23) medida provisória que disponibiliza um montante de R$ 10 bilhões para empréstimos a micro e pequenas empresas cuja venda de produtos seja feita por meio de máquinas de cartões de crédito e débito.

A iniciativa, que permite a abertura do crédito extraordinário, será publicada na edição desta quinta-feira (24) do “Diário Oficial da União”.

Segundo o governo federal, a ampliação do montante para empréstimos é uma medida emergencial com o objetivo de tentar reduzir os prejuízos econômicos causados pela pandemia do novo coronavírus.

“Com a edição desta medida provisória, o governo federal mantém seus esforços para garantir a devida assistência aos microempreendedores individuais, às microempresas e às empresas de pequeno porte nesse momento de crises sanitária e econômica decorrentes da pandemia”, salientou o governo, em nota.

Nesta quarta-feira (23), o presidente também assinou decreto que institui uma plataforma de pagamentos por meio de cartão de crédito e cartão digital de dívidas do contribuinte com o Tesouro Nacional. A medida não acaba com o serviço de pagamento por boleto bancário.

A plataforma, nomeada de PagTesouro, tem como objetivo evitar que o contribuinte seja obrigado a se deslocar a uma instituição financeira para pagar por serviços públicos.

A gestão federal informou que as empresas interessadas em operar pela plataforma digital deverão se credenciar no site do Ministério da Economia e devem ter autorização do Banco Central. (Bahia Notícias)

Safadão denuncia Mileide Mihaile e acusa ex de expor filho em ambiente inapropriado

O cantor Wesley Safadão e a ex-mulher, Mileide Mihaile, estão em mais um novo embate envolvendo o filho dos dois. Desta vez, de acordo com a colunista Fábia Oliveira, do O Dia, o artista apresentou uma notícia-crime contra a influencer sob alegação dela ter exposto a criança em um ambiente inadequado para menores de idade. 

A denúncia de Safadão, que foi feita na Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente, se refere a uma festa de Halloween organizada por Mileide em outubro de 2019. No evento, segundo consta no documento elaborado pelo advogados de Safadão, havia consumo de bebida alcoólica e “músicas de cunho pejorativo e danças sensuais”.

A notícia-crime também chama atenção para as fantasias usadas tanto por Mihaile, como pelo filho do ex-casal, que estavam vestidos de Arlequina e Coringa. No documento, há a menção do fato de que a criança apareceu em fotos nas redes sociais segurando uma arma de brinquedo em posição que parecia “insinuar que estava atirando em alguém”.

Sob argumento dos advogados de que a situação violou a Constituição Federal de 1988 e o Estatuto da Criança e Adolescente, Safadão esclareceu que se “tivesse ocorrido dentro dos limites razoáveis para uma festa direcionada a crianças”, o evento organizado por Mileide não seria motivo de uma notícia-crime, pois “seu filho tem todo o direito de se divertir e festejar com os amigos, desde que seja um ambiente tranquilo e saudável para o seu desenvolvimento”. 

Com a denúncia, Mileide segue sendo investigada e passará por uma audiência preliminar, ainda sem data definida, quando será realizada uma conciliação entre ela e o Ministério Público. Caso seja penalizada, ela poderá pegar de seis meses a dois anos de detenção, podendo converter a condenação em multa ou prestação de serviço comunitário. 

DEFESA DE MILEIDE
Ao comentar sobre o assunto, por meio de nota, Mileide informou que “já prestou os necessários esclarecimentos no início deste ano” e que confia na “total improcedência da descabida e esdrúxula acusação”. 

Em sua defesa, a influencer também explicou que a presença de bebida alcoólica na festa de Halloween era restrita aos adultos e estranha o posicionamento de Safadão sobre as canções já que “em vários momentos da família do pai, a criança também participa de comemorações com músicas que não são apenas as infantis”, fato que nunca provocou reação de reprovação dela. 

Por fim, Mihaile afirma que foi surpreendida com as acusações de Wesley. Ela lamenta que levar “algo tão banal” para a seara litigiosa “apenas traz prejuízos para a relação entre as famílias envolvidas, causando um estremecimento na relação que estava apaziguada e equilibrada”. (Bahia Notícias)

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*