Procurar Notícia

Auxílio de R$ 600 deve ser pago primeiro a quem recebe o Bolsa Família; diz ministro

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, afirmou, que trabalhadores informais que não estiverem inscritos em nenhum cadastro do governo devem ficar por último no recebimento pagamento do coronavoucher (auxílio mensal de R$ 600 que deve ser dado pelo governo federal durante o período da crise do coronavírus).

Segundo o ministro, os primeiros a receberem o auxílio serão os trabalhadores informais que ganham o Bolsa Família, depois, os que estão inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Na terceira etapa, receberão os microempreendedores individuais e contribuintes individuais. Por último, os informais que não estão em cadastro nenhum.

O Projeto de Lei 1066/2020, que estabelece o pagamento do auxílio, foi aprovado na segunda-feira (30) e seguiu para sanção do presidente Jair Bolsonaro.

Caixa começa a pagar hoje saque-aniversário do FGTS

 Os trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro que aderiram ao saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) podem ter acesso ao dinheiro a partir de hoje (1º). Essa modalidade permite a retirada de parte do saldo de qualquer conta ativa ou inativa do fundo a cada ano, no mês de aniversário, em troca de não receber parte do que tem direito em caso de demissão sem justa causa.

O dinheiro poderá ser retirado até 30 de junho. O valor a ser liberado varia conforme o saldo de cada conta em nome do trabalhador. Além de um percentual, ele receberá um adicional fixo, conforme o total na conta. O valor a ser sacado varia de 50% do saldo sem parcela adicional, para contas de até R$ 500, a 5% do saldo e adicional de R$ 2,9 mil para contas com mais de R$ 20 mil.

Ao retirar uma parcela do FGTS a cada ano, o trabalhador deixará de receber o valor depositado pela empresa caso seja demitido sem justa causa. O pagamento da multa de 40% nessas situações está mantido. As demais possibilidades de saque do FGTS – como compra de imóveis, aposentadoria e doenças graves – não são afetadas pelo saque-aniversário.

O prazo de adesão ao saque-aniversário começou em janeiro. Ao optar pela modalidade, o trabalhador teve de escolher a data em que o valor esteja disponível: 1º ou 10º dia do mês de aniversário. Quem escolheu o 10º dia retirará o dinheiro com juros e atualização monetária sobre o mês do saque.

Por causa da pandemia de coronavírus, a Caixa orienta o resgate por meio do aplicativo FGTS, disponível para tablets e smartphones dos sistemas Android e iOS. Nesse caso, o trabalhador pode programar a transferência do dinheiro para qualquer conta em seu nome, independentemente do banco. A operação não tem custo.

As retiradas podem ser feitas nas casas lotéricas, caso esses estabelecimentos estejam abertos, e terminais de autoatendimento para quem tem senha do Cartão Cidadão. Quem tem Cartão Cidadão e senha pode sacar nos correspondentes Caixa Aqui, caso esses estabelecimentos estejam autorizados a abrir. Basta apresentar documento de identificação.

Desde o último dia (24), as agências da Caixa estão funcionando em horário reduzido, das 10h às 14h. O atendimento está restrito a quem não puder resolver o problema por canais eletrônicos. As dúvidas sobre valores e a data do saque podem ser consultadas no aplicativo do FGTS, pelo site da Caixa ou pelo telefone de atendimento exclusivo 0800-724-2019, disponível 24 horas.

O saque-aniversário não está relacionado ao saque imediato, que previa a retirada de até R$ 998 do FGTS de todas as contas ativas e inativas. As retiradas nessa modalidade começaram em setembro do ano passado e acabaram ontem (31). O dinheiro de quem não fez o saque retornou para a conta do FGTS.Com informações da Agência Brasil

Inep divulga regras do Enem 2020 e datas de inscrição; edição terá provas impressas e digitais

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta terça-feira (31) as regras para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Nesta edição, a prova será aplicada nas versões impressa e digital.

As inscrições para as provas impressa e digital ocorrem de 11 a 22 de maio.

Em meio às incertezas acerca da pandemia do novo coronavírus, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, escreveu em uma rede social que “Vai ter Enem!” e afirmou que os estudantes devem continuar se preparando para o exame.

Esta será a primeira vez que o Enem vai ser aplicado em uma versão digital. A adesão dos candidatos será opcional no ato de inscrição, até um total de 100 mil participantes – o dobro da previsão inicial, de 50 mil pessoas. A estimativa do governo é que, até 2026, o Enem seja 100% digital.

Datas das provas mantidas
O edital mantém a data de aplicação da prova impressa divulgada anteriormente: 1º e 8 de novembro.

A data do Enem digital também está mantida: será em 11 e 18 de outubro.

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Inep após questionamento do G1. O edital publicado nesta terça traz outra data e, segundo a instituição, será retificado.

Quem quiser participar do Enem 2020, mas faltou à edição de 2019, terá que justificar a ausência de 6 a 17 de abril, mesmo período de solicitação da taxa de inscrição.
Cronograma Enem digital
Justificativa de ausência no Enem 2019: 6 a 17 de abril
Solicitação de isenção da taxa de inscrição: 6 a 17 de abril
Divulgação dos resultados: 24 de abril
Período de recurso: 27 de abril a 1º de maio
Inscrições: 11 a 22 de maio
Pagamento da taxa de inscrição: 11 a 28 de maio
Solicitação de atendimento especializado: não há previsão no edital
Solicitação de tratamento pelo nome social: 25 a 29 de maio
Aplicação: 11 e 18 de outubro, segundo o Inep (a instituição afirma que o edital será retificado)
Cronograma Enem impresso
Justificativa de ausência no Enem 2019: 6 a 17 de abril
Solicitação de isenção da taxa de inscrição: 6 a 17 de abril
Divulgação dos resultados: 24 de abril
Período de recurso: 27 de abril a 1º de maio
Inscrições: 11 a 22 de maio
Pagamento da taxa de inscrição: 11 a 28 de maio
Solicitação de atendimento especializado: 11 a 22 de maio
Solicitação de tratamento pelo nome social: 25 a 29 de maio
Aplicação: 1º e 8 de novembro
Horário: abertura dos portões às 12h; fechamento às 13h; aplicação às 13h30; término das provas do 1º dia: 19h; término das provas do 2º dia: 18h30.(G1)

Bovespa fecha em queda e tem pior mês em mais de 20 anos

O principal índice da bolsa de valores brasileira, a B3, recuou e encerrou março com o pior desempenho mensal em mais de 20 anos. A última sessão do mês foi marcada por mais incertezas em razão dos efeitos da pandemia do novo coronavírus na economia.

O Ibovespa recuou 2,17%, a 73.019 pontos. Em 2020, o tombo já é de 36,86%, a maior para um trimestre desde 1968, ano em que o índice acionário foi criado.

O dólar fechou em alta hoje (31), subiu 0,31% e fechou a R$ 5,1960. O dólar turismo fechou a R$ 5,47. (Metro1)

Nazaré das Farinhas: Prefeita atende CDL e libera comércio

A prefeita de Nazaré, no Recôncavo, Eunice Peixoto, autorizou a abertura do comércio na cidade pelos próximos dez dias, a partir desta quarta-feira (1°).

Segundo decreto, publicado nesta quarta, Eunice Peixoto, estabelecimentos comerciais e prestadores de serviços devem manter as atividades até o meio-dia. Dentro dos locais, diz o decreto, é permitido apenas três pessoas, com distância mínima de dois metros entre elas. Sábados e domingos o comércio ficará fechado, informa o Bahia Notícias.

Peixoto declarou que a medida visa atender pedido da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e vereadores da cidade. Seguem em funcionamento supermercados, bancos, distribuidora de gás, revendedoras de água mineral, postos de combustível, hotéis, farmácias, entre outros. Mesmo com as medias de afrouxo, a prefeitura não liberou a abertura de academias, clubes, cultos e outras atividades que envolvam aglomerações. Essas últimas medidas reforçam o primeiro decreto que sinaliza ações contra a disseminação do novo coronavírus na cidade.

Como perder gordura dos braços em 7 dias dê adeus aos braços flácidos!


Culinária: Robalo assado com batatas

Ingredientes 

1/2 xícara(s) de café de azeite 

Suco de um limão 
1 colher(es) de chá de mostarda 
Sal e pimenta a gosto 
1 quilo(s) de robalo em postas 
300 grama(s) tomate cereja 
1 xícara(s) de chá de azeitona portuguesa 
Ramos de alecrim 
300 grama(s) de mini cebola 
500 grama(s) de batatas pequenas 

Modo de preparo:
Misture o azeite, o limão e a mostarda. Em um recipiente, coloque o robalo para marinar 20 minutos nessa mistura. Para preparar ao forno, coloque o robalo num refratário com as cebolas, as batatas, o tomates e as azeitonas e tempere tudo com sal, pimenta e alecrim. Deixe assar por 20 minutos em fogo alto. Ou até dourar na parte de cima do peixe. Se preferir fazer o peixe na churrasqueira, retire da marinada, tempere com sal e pimenta e coloque a uma distância de 40 cm da brasa por 20 minutos, 10 minutos de cada lado. Coloque os acompanhamentos no refratário, regue com azeite, tempere com alecrim, sal e pimenta e asse no forno convencional até que fiquem macios. Nos dois casos, para servir, coloque tudo em uma travessa bonita e finalize com um fio de azeite extravirgem e ramos de alecrim.

FRASES - POEMAS E PROVÉRBIOS

Meditação: Maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela… (Efésios 5:25)
Pensamento: Na vida, o que importa não são os prêmios que ganhamos, mas as pessoas que amamos. 
Leitura: Efésios 5:22-33.

Empresas Parceiras em Destaque - 310CP

Como começar a fazer Abdominais - Treino para Iniciantes - Carol Borba


Procon recomenda negociação entre pais e escolas sobre mensalidade escolar

As aulas de colégios públicos e particulares da Bahia estão suspensas há duas semanas por causa da pandemia do coronavírus e, com isso, muitos pais têm dúvidas sobre o pagamento das mensalidades, já que o serviço não está sendo prestado.

Para o superintendente de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-BA), Filipe Vieira, a negociação é o melhor caminho para o caso de impasse entre as partes.

“Orientação do Procon é nessa linha, de buscar a negociação. A gente sabe que neste momento os serviços estão suspensos, inclusive por determinações que partem do governo e das prefeituras, e que limitam o acesso das crianças, tanto a circulação quanto a aglomeração naquelas salas. Então, a orientação é que se tente manter a regularidade neste pagamento e busque a negociação, seja por reposição de aulas em tempo posterior, seja por aulas ministradas de forma virtual, como autorizou o MEC para o ensino superior. A negociação é o melhor caminho, é o equilíbrio entre o direito do consumidor e manutenção daquele estabelecimento, que tem seus custos empresariais, de mão de obra, custos pessoais. Esses custos devem ser repassados através da mensalidade. Havendo qualquer desconto, qualquer baixa nesse valor, ele deve ser repassado ao consumidor”, orientou.

Com a suspensão das aulas, escolas públicas e privadas passaram a oferecer atividades on-line para os estudantes. Filipe Vieira reconhece a importância do serviço, mas alerta que as unidades de ensino da rede privada não podem modificar o caráter do contrato firmado com os pais. Dessa forma, as aulas a distância não podem substituir completamente o período em que o estudante deveria estar em sala, com educação presencial.

“Existe uma diferença que entra no campo da metodologia de ensino. A gente sabe que estamos na era de inclusão digital, em que a criança precisa ter acesso a essas ferramentas e saber lidar com elas. Isso faz parte em algum grau do aprendizado. Agora, não pode ter a mudança plena e completa de um contrato para aulas presenciais para um contrato de aulas não presenciais por via da internet. Algumas tarefas podem se prestar a essa finalidade, podem cobrir o contrato. Mas o que o Procon estimula é que aquele contrato seja mantido em sua natureza, em sua essência, dentro da possibilidade do que for, tanto na parte do aprendizado quanto na parte da preservação das mensalidades”.

Para o caso das creches, em que os alunos não possuem idade para realizar atividades pelo computador, o superintendente do Procon-BA entende que é preciso existir um desconto na mensalidade.

“Creches e berçários que não têm necessariamente um conteúdo para ser reposto, até escolas que funcionam em período integral, devem conversar com os pais para buscar um desconto. Ao menos da alimentação que não é servida e não tem como ser compensada. A negociação, conciliação entre as partes, é o melhor caminho a ser feito. É um contrato de trato sucessivo, ou seja, que vai continuar. O que hoje a gente experimenta de perda de aula ou de conteúdo pode ser reposto em momento posterior”.

De início, o decreto do governo que determinou o fechamento das escolas e universidades públicas e privadas da Bahia, anunciado no último dia 16, atingia apenas Salvador, Feira de Santana, Prado e Porto Seguro, primeiras cidades do estado com casos confirmados de coronavírus. Dois dias depois, a medida se estendeu para todo o território baiano. (G1)

Famoso por pensões atrasadas, Latino explica porque adotou rapaz de 21 anos

Latino surpreende a cada dia. Depois de se envolver, nos últimos anos, em diversos escândalos relacionados a pensão atrasada, ele acaba de anunciar: “Adotei mais um filho”. Espertamente, o rapaz já tem 21 anos e independe de pensão. Mas a pergunta que não quer calar: precisava adotar?

Após ler a explicação que Latino deu à Coluna Leo Dias, você terá certeza do que vou escrever. Latino é muito mais do que um cantor, ele é um grande articulador e visionário do mundo dos negócios. Agora, entenda a adoção: “Ele é filho biológico da esposa do meu coreógrafo Jojou, que trabalha com a gente há mais de 10 anos e amigo pessoal há 15. O menino perdeu o pai num acidente de carro e decidimos (na época) em continuar ajudando ele”.

“Hoje sou empresário dele na parte do futebol. Ele estava de partida para Portugal, mas por causa de covid-19 tivemos que abortar a missão, daí aproveitou para ficar uma temporada comigo, como sempre fez nas outras férias. Qual o problema disto gente? Eu e meu coreógrafo ajudamos ele desde quando ele tinha seus 12 anos. Hoje tem 22. O moleque é muito do bem! Sempre vinha nas férias para ficar com a gente, mas como agora está ficando mais bonitão a galera está zoando. Brasil, né? (risos)”, diz.

Esse é o Latino, e não o critique por suas atitudes: ele tinha uma alta porcentagem na carreira da então mulher Kelly Key, em, seu auge da música e ganhou 20% do cachê que Mirella Santos faturou com sua “Playboy”. A explicação do cantor é até “razoável”. O espaço na mídia que conquistaram, deve-se, inicialmente ao fato de elas serem suas mulheres.

Outra coisa que quase ninguém sabe: Latino intermedeia a relação de grandes empresas brasileiras, com as quais tem contato, e a escola de samba Grande Rio.

Boa parte do camarote que a escola teve na Sapucaí, deve-se ao poderoso “network” de Latino.

Número de infectados por coronavírus na Bahia sobe para 176, com um óbito; 1º caso em um bebê de 1 ano é confirmado

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) confirmou, no final da tarde de ontem mais 20 novos casos de contaminação pelo novo coronavírus no estado. Com isso, o total de casos confirmados no estado totaliza 176. A primeira morte no estado foi registrada no domingo (29).

Quatorze dos 20 novos casos são em Salvador, que tinha 103 casos no boletim divulgado na noite de domingo, e agora passou a ter 117. Os outros casos foram nas cidades de Feira de Santana, Lauro de Freitas e Nova Soure.

No boletim desta segunda, também foi registrado o 1° caso confirmado em uma criança de 1 ano de idade, que mora na cidade Feira de Santana, e está em bom estado de saúde.

No domingo (29), a Sesab confirmou o primeiro caso de uma criança de 2 anos na Bahia. A paciente mora em Lauro de Freitas, que fica na região metropolitana da capital. As duas crianças estão em casa.

Ainda no boletim desta segunda, a Sesab divulgou que, através de busca ativa com hospitais do estado, identificou-se que 92 pacientes com suspeita de Covid-19 estão internados. No domingo, esse número correspondia a 46 pacientes. Em 24h, o número de pessoas internadas com suspeita de coronavírus dobrou.

Os 176 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) representa 4,3% do total de casos notificados. Até o momento, 1.393 casos foram descartados e um óbito confirmado.

O primeiro paciente que morreu vítima do Covid-19 era um idoso de 74 anos, residente em Salvador, que estava internado no Hospital da Bahia, com outras doenças associadas. Ele era hipertenso, ex-fumante, dislipidêmico (com índice alto de gordura no sangue) e com sinais radiológicos de enfisema pulmonar.

Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas desta segunda-feira. Ao todo, 17 pessoas estão curadas e 18 encontram-se internadas, sendo oito em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

Os municípios com casos positivos são estes: Alagoinhas (1); Barreiras (1); Brumado (1); Camaçari (1); Canarana (1); Conceição do Jacuípe (1); Conde (1); Dias D’Ávila (1); Feira de Santana (12); Ilhéus (2); Itabuna (2); Itagibá (1); Itamaraju (1); Itororó (1); Jequié (1); Juazeiro (2); Lauro de Freitas (11); Nova Soure (1); Pojuca (1); Porto Seguro (10); Prado (3); Salvador (117, sendo três importados); São Domingos (1) e Teixeira de Freitas (1). O 11º caso notificado em Lauro de Freitas é de uma pessoa residente no estado do Rio de Janeiro.

Os casos confirmados estão distribuídos em 24 municípios do estado, com maior proporção em Salvador. (G1)

De forma unânime, Senado aprova coronavoucher

O Senado aprovou ontem por unanimidade, o projeto de lei do “coronavoucher”. O texto institui o valor de R$ 600 a trabalhadores informais durante a crise da pandemia do coronavírus.

Segundo o portal Metrópoles, na Casa, foi ampliado também o voucher para o trabalhador em contrato intermitente – cuja jornada de trabalho depende da demanda. É o caso de cozinheiros, faxineiros e garçons, por exemplo, que são convocados neste formato. (BN)

Hospitais filantrópicos da Bahia sofrem com alta de produtos médicos e EPIs

Os hospitais filantrópicos da Bahia reclamam do aumento nos preços de alguns itens de uso diário. Segundo Dora Nunes, presidente da Federação das Santas Casa e Hospitais Filantrópicos do Estado da Bahia, o crescimento nos preços de itens como luvas, máscaras, óculos de proteção, aventais e álcool gel ultrapassa os 500%. Ela ainda relata que as entidades tem percebido o crescimento do consumo destes EPIs em quase 318%.

Tendo em vista os dados, a Federação fez um alerta ao poder público e à sociedade em geral e também pediu ajuda para o setor.

Dora Nunes destaca que a majoração agrava a saúde das entidades filantrópicas, uma vez que os repasses dos governos federal e estadual cobrem cerca de 60% dos custos destas unidades direcionados aos atendimentos SUS. Então é preciso buscar outras fontes de receitas e ajudas para o fechamento das contas.

Na Bahia o setor filantrópico está presente em 23 regiões de saúde, das 28 existentes. A Federação destaca que o fato demonstra o papel estratégico e fundamental destas instituições na garantia do direito à saúde do cidadão baiano. “Há municípios que contam somente com um único hospital sendo este filantrópico”. O setor filantrópico, responsável, atualmente, por quase 68% dos atendimentos SUS, somando média e alta complexidade no Estado Bahia.

A presidente da FESFBA ainda diz que a entidade está mais do que nunca preocupada com a continuidade da existência das unidades filantrópicas, e tem tentado buscar diálogo, mas sem êxito até o momento, com o Estado e Municípios, no sentido de obter apoio destes entes para que seja dada ao setor oportunidade de ser inserido no plano de contingenciamento do Coronavirus, seja contratando leitos de UTI e de retaguarda, seja fazendo doações dos EPIs , seja repassando os recursos de emendas e portarias que estão represados no Estado e municípios ,seja pagando as etapas antigas da Sua nota é 01 Show de Solidariedade, além de garantir o repasse integral dos contratos sem que haja cobrança das metas quantitativas e de qualidade.

Cervejaria dá férias para 10 mil funcionários; medida atinge fábrica em Alagoinhas

O Grupo Petrópolis anunciou, ontem, férias para cerca de 10 mil dos seus funcionários, justificando pela queda de consumo de cerveja no país, devido ao fechamento de bares e restaurantes. A medida praticamente suspende as atividades na fábrica da empresa em Alagoinhas. Segundo a empresa, o objetivo inicial é “garantir os empregos da companhia nesta fase de prevenção ao Covid-19”.

Com os estoques em alta, a produção será feita seguindo o cronograma das linhas de envase de cada fábrica. No momento, a empresa tem produto suficiente para o atendimento aos supermercados e pontos de venda que seguem abertos.

A cervejaria conta com sete unidades fabris em Alagoinhas, Boituva-SP, Bragança Paulista-SP, Itapissuma-PE, Petrópolis-RJ, Teresópolis-RJ, e Rondonópolis-MT, além de mais de 180 unidades de distribuição espalhadas pelo país.

“Todas as iniciativas cumprem rigorosamente os protocolos de segurança recomendados pelas autoridades federais, estaduais e municipais, e reforçam o compromisso do Grupo Petrópolis na luta contra a disseminação do vírus Covid-19 e o respeito com seus colaboradores, consumidores e com o país”, disse a empresa, em nota oficial. (BN)

Fachin nega prisão domiciliar para Geddel; ex-ministro é do grupo de risco da Covid-19

Diferente de centenas de detentos que passarão a cumprir prisão domiciliar enquanto o Brasil enfrenta a pandemia de coronavírus, o ministro Geddel Vieira Lima não obteve o benefício. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, negou o pedido de sua defesa em decisão assinada na última sexta-feira (27).

A defesa de Geddel alegou que ele faz parte do grupo de risco da doença, composto por pessoas acima dos 60 anos. Neste mês de março, o baiano completou 61. Condenado a mais de 14 anos de prisão pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa, Geddel responde pelo caso do bunker de R$ 51 milhões, encontrado em um apartamento na Graça, em Salvador, em 2017.

Como relator do processo, Fachin publicou outra decisão, também na sexta, para destinar o montante ao combate à Covid-19. “(…) Tendo em vista o disposto no art. 4º-A, § 4º, I, “b”, da Lei n. 9.613/1998, oficie-se à Caixa Econômica Federal para que informe o saldo da conta vinculada a estes autos, na qual foram depositadas as quantias apreendidas. Com a resposta, intimem-se os réus Geddel Quadros Vieira Lima e Lúcio Quadros Vieira Lima, por intermédio de seus advogados constituídos, bem como a União, na pessoa do Advogado-Geral da União, para que se manifestem acerca da pretensão formulada pela Procuradoria-Geral da República, no prazo comum de 5 (cinco) dias”, decidiu o magistrado. (BN)

Culinária: Crepe de frango

Ingredientes

Massa 

3 unidade(s) de ovo 
3/4 xícara(s) (chá) de farinha de trigo 
1 xícara(s) (chá) de leite 
1 colher(es) (sobremesa) de margarina 
1 colher(es) (chá) de amido de milho 

Recheio 
2 colher(es) (sopa) de óleo de canola 
1 dente(s) de alho amassado(s) 
1 unidade(s) de cebola em cubos pequenos 
1 unidade(s) de Peito de frango desossado cozido(s) e desfiado(s) 
1 unidade(s) de tomate sem pele(s), sem sementes 
6 unidade(s) de azeitona verde picada(s) 
3 unidade(s) de palmito picado(s) 
150 gr de cream cheese1 xícara(s) (chá) de leite 
2 colher(es) (sopa) de farinha de trigo 
quanto baste de salsinha picada(s) 
quanto baste de sal 
quanto baste de pimenta dedo-de-moça 

Como fazer
Massa: Bata no liquidificador os ovos, a farinha, o leite, a manteiga, o amido de milho e sal. Em uma frigideira untada com óleo, coloque uma pequena porção da massa e espalhe por toda a superfície, deixando dourar dos dois lados. Faça o mesmo procedimento para toda a massa. Reserve.

Recheio: Em uma panela, coloque o óleo, o alho, a cebola e refogue. Acrescente o frango, os tomates, as azeitonas verdes e o palmito. Refogue por mais alguns segundos e junte o Cream Cheese Philadelphia. Polvilhe a farinha de trigo e adicione o leite, mexendo até engrossar. Acrescente a salsa, sal a pimenta. Reserve.

Montagem: Sobre a massa, disponha o recheio em metade do disco e dobre ao meio. Sirva a seguir.

FRASES - POEMAS E PROVÉRBIOS

Eu sou o caminho, a verdade e a vida. 
Ninguém vai ao Pai se não por mim. 
(Jesus Cristo)

Empresas Parceiras em Destaque - 305CP

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*